AMARANTE

PIAUÍ

Aluno que criou conta em rede social para ajudar colegas no Enem é aprovado no SiSU

Avatar

Publicado em

PIAUÍ


O resultado do Sistema de Seleção Unificado (SiSU) foi divulgado nesta sexta-feira (16) e milhares de jovens do Piauí comemoram suas aprovações em cursos da Educação Superior. Entre eles, está o aluno da Unidade Escolar Antônio Borges Leal, localizada no município de Manoel Emídio, Wennyo Lima, idealizador de um projeto que ajudou outros jovens a estudar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Wennyo comemora sua aprovação para o curso de Engenharia Civil, na Universidade Estadual do Piauí (Uespi). “Estou muito feliz, pois esse foi sempre um curso que eu almejei muito e consegui passar. Agradeço primeiramente às salas do Pré-Enem Seduc que foram um diferencial em minha aprovação. Também quero poder continuar a ajudar outros jovens como eu, pelo Studygram e redes sociais, que não conseguiram a aprovação”, revela.

Com apenas 19 anos de idade, Wennyo conta que um dos seus grandes desejos era criar um Studygram, que é um perfil no Instagram voltado para estudos, especificamente para o Enem. Ele começou a realizar sua meta no final de 2020. Com mais de mil seguidores, Wennyo Lima aprende enquanto ensina e orienta outros adolescentes nesse difícil momento da vida: a busca por uma vaga no Ensino Superior.

Leia Também:  Piauí terá atlas de energias renováveis

“Quero repassar meu conhecimento e ajudar outros estudantes assim como eu, além de aprender também. Nele eu posto conteúdos de redação, macetes de fórmulas, conteúdos em geral pro Enem, faço momentos de quiz nos meus stories, deixo frases de motivação e trago curiosidades do mundo de forma que estejam inseridas nos estudos”, explica.

Acesse o perfil: www.instagram.com/study_wennyo

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PIAUÍ

MPPI promove inspeção virtual na Farmácia Central de Demerval Lobão

Avatar

Publicados

em


O Ministério Público do Piauí, por meio da Promotoria de Justiça de Demerval Lobão e com apoio do CAODS (Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde), realizou, na última segunda-feira, 03 de maio, visita técnica à Farmácia Central de Demerval Lobão para averiguar como ocorre a assistência farmacêutica no município. O trabalho aconteceu de forma virtual e contou com a participação, além dos integrantes do MPPI, de representantes do CRF (Conselho Regional de Farmácia), das Vigilâncias Sanitárias Municipal e Estadual e do Conselho Municipal de Saúde de Demerval Lobão.

Durante a inspeção, a equipe multiprofissional conheceu as instalações físicas da Farmácia e a composição de profissionais que atuam na unidade.

Ao final da vistoria ficou definido o prazo de quatro meses para o município de Demerval Lobão elaborar e aprovar pelo Conselho Municipal de Saúde da REMUME (Relação Municipal De Medicamentos Essenciais). Em 45 dias, deve ser implantado o Sistema Hórus no município, a ferramenta é disponibilizada pelo Ministério da Saúde para o controle de medicações. Outra medida a ser executada consiste na adequação do espaço físico da Farmácia Central, para essa ação os gestores terão o prazo de 30 dias. Porém, de modo imediato, eles deverão organizar os medicamentos em prateleiras, retirando-os do chão. O prazo para o cumprimento dessa demanda é de até 10 dias. Nessas duas ações, a gestão municipal deverá encaminhar à Promotoria de Justiça de Demerval Lobão fotos para comprovar o atendimento das solicitações.

Leia Também:  Instituto ProBem comemora cinco anos de ensino de qualidade a crianças do Piauí e Amazonas

A Promotoria de Justiça Demerval requisitou ainda que os responsáveis pela assistência farmacêutica promovam o monitoramento dos medicamentos termolábeis, comprovando ao órgão ministerial as adequações, para que esses tipos de medicamentos sejam armazenados a uma temperatura entre 2 a 8 graus Celsius. Os medicamentos termolábeis são fármacos, particularmente, sensíveis à ação da temperatura e, por isso, geralmente, requerem armazenamento sob refrigeração. A grande oscilação de temperatura em relação aos termolábeis pode alterar a estabilidade, o uso ou composição original desses remédios. O prazo estipulado para o atendimento dessa requisição do MPPI é de 10.

O último encaminhamento da reunião foi o de que a PJ de Demerval Lobão receberá da Vigilância Sanitária Estadual e do Conselho Regional de Farmácia relatórios técnicos sobre a inspeção promovida.

A visita foi coordenada pelos promotores de Justiça Rita de Cássia, titular da PJ de Demerval Lobão, e Jorge Luiz da Costa Pessoa, que auxilia a coordenação do CAODS. Participaram também os médicos do MPPI, Celso Pires Filho e Viviane Pompeo, os coordenadores da assistência farmacêutica de Demerval Lobão, Larissa Costa, e da atenção básica em saúde, Josenildo Cruz.

Leia Também:  Procon descobre 47 depósitos ilegal de gás de cozinha no interior do Piauí

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA