11:21 am - segunda-feira novembro 20, 2017

Site diz que selfies já mataram mais que tubarões em 2015

Edição e postagem: Denison Duarte, em 23-09-2015 14:50 | Última modificação: 23-09-2015 14:51
Hospital de Olhos

Com base em notícias recentes e num fórum que registra ataques de tubarões a humanos, o site de tecnologia “Mashable” concluiu que, neste ano, mais pessoas já morreram ao tentar tirar uma selfie do que por mordidas fatais de “cães marinhos”, como eram chamados antigamente.Segundo o “Mashable”, selfies mal executadas causaram 12 mortes até agora em 2015, contra 8 vítimas fatais de tubarões. Isso levanta preocupações sobre o quão longe se tem ido para capturar o autorretrato perfeito.

O último acidente do tipo, ocorrido na sexta-feira passada (18), envolveu um turista japonês que teve ferimentos graves na cabeça após uma queda no Taj Mahal, na Índia, de acordo com a polícia local.

Quedas e atropelamentos por veículos em movimento são os dois principais tipos de mortes por selfies, diz o levantamento. A grande maioria das vítimas são jovens, entre 18 e 22 anos.

Em julho, uma universitária russa morreu após cair de uma ponte ao tentar registrar o distrito financeiro de Moscou. Seis meses antes, dois jovens morreram nos Montes Urais ao remover o pino de uma granada para tirar uma selfie. Há mais casos (bizarros e trágicos) nesta página da Wikipédia.

A polícia russa até lançou uma campanha por “selfies seguras” após uma jovem de 21 anos atirar na própria cabeça enquanto tirava um autorretrato com uma pistola -ela sobreviveu.

Num guia, a polícia alertava quanto aos perigos de selfies próximas de animais selvagens, na beira de desfiladeiros ou no topo de torres de energia (???), dentre outras situações de risco.

image

Denison Duarte – Amarante (PI)