3:22 am - quarta-feira novembro 22, 2017

Novos iPads: o guia completo dos rumores

Edição e postagem: Denison Duarte, em 16-10-2013 23:15 | Última modificação: 17-10-2013 01:44
Hospital de Olhos

É oficial: a Apple fará um evento em 22 de outubro, um ano depois de revelar a geração atual de iPads. Então o que esperar do evento? Mais iPads! Eis tudo o que (achamos que) sabemos sobre eles.

iPad Mini 2

Vamos começar com o melhor dos casos: a Apple vai anunciar um novo iPad Mini com tela Retina. A tela deve manter a resolução de 7,8 polegadas; no entanto, há relatos de que a resolução vai dobrar para 2048 x 1536 pixels. Indícios surgiram em maio no blog holandês Mobileaks.

Mas, de acordo com a Reuters, problemas na cadeia de suprimentos podem atrasar o iPad Mini com tela retina para 2014. Nesse caso, veríamos apenas especificações atualizadas no tablet pequeno.

Falando em hardware, parece que a Apple vai colocar nele o processador A7 de 64-bit, presente no iPhone 5S – é o que diz o AllThingsD. No entanto, isso seria um enorme salto: o iPad Mini usa o processador de duas gerações atrás. Além disso, talvez a Apple teste algo diferente, já que o coprocessador M7 é menos útil em um iPad do que no iPhone. Segundo o Mobileaks, o novo iPad Mini terá o processador A6X usado atualmente no iPad 4.

E, se acreditarmos nas fotos postadas por Sonny Dickson, o novo iPad mini 2 será um pouco mais fino que o original:

Como é de costume da Apple, o novo iPad mini deve estar disponível em pré-venda nos EUA em 25 de outubro, na sexta-feira após o anúncio. A data oficial de venda deve ser uma semana depois, em 1º de novembro. Esperamos o mesmo preço do iPad mini original: os modelos Wi-Fi por US$ 330 (16 GB), US$ 430 (32 GB) e US$ 530 (64 GB). Os modelos LTE – provavelmente com suporte ao 4G brasileiro, assim como o iPhone 5S – provavelmente vão custar US$ 460, US$ 560 e US$ 660.

iPad 5

O novo iPad, a quinta geração do tablet da Apple, provavelmente trará a maior mudança de hardware desde o iPad 3. Como fontes, temos um hands-on detalhado feito por Sonny Dickson (foto acima), um vídeo postado pelo Unbox Therapy e uma reportagem da Bloomberg.

O vídeo do Unbox Therapy sugere que o iPad 5 manterá sua tela Retina de 9,7 polegadas, porém terá uma moldura estreita, um corpo mais leve e um aspecto geral semelhante ao iPad mini. Ele terá 1,5 cm a menos na largura, de acordo com o vídeo. Ele também teria um processador A7X, e talvez uma câmera melhor.

A pré-venda para o iPad 5 provavelmente vai começar em 25 de outubro nos EUA, e o tablet chegaria às lojas em 1º de novembro. Os modelos Wi-Fi de 16/32/64/128 GB devem custar US$ 500, US$ 600, US$ 700 e US$ 800. Os modelos com LTE – provavelmente com suporte ao 4G brasileiro – devem custar US$ 640, US$730, US$ 830 e US$ 930, assim como a geração atual.

Touch ID

O site NoWhereElse.fr postou imagens (acima) do que parece ser um iPad Mini com um scanner de impressão digital, semelhante ao presente no iPhone 5S, mas isso é algo longe de confirmado. Uma imagem meio desconfiável do CtechCN parece mostrar o sensor no iPad grande também.

Faria sentido para a Apple avançar com essa tecnologia, mas não há nenhuma prova muito concreta. É provável que a Apple queira manter o Touch ID como uma exclusividade para o iPhone 5S.

Cores

Os iPads, assim como o iPhone 5S e o iPod nano, provavelmente estarão disponíveis nas cores branco e “cinza espacial”, pelo menos de acordo com as imagens publicadas por Sonny Dickson e NoWhereElse.fr. O site francês também tem imagens que seriam o modelo dourado/champagne do iPad mini; mas, como a Apple enfrentou problemas de fornecimento com o iPhone 5S dourado, talvez a empresa não o lance no mercado. É esperar para ver.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE