7:28 am - segunda-feira novembro 20, 2017

Brasil e Nasa fecham acordo para estudar o clima e o sol

Edição e postagem: Denison Duarte, em 02-07-2015 22:24 | Última modificação: 23-08-2015 20:31
Hospital de Olhos

Nasa e Brasil – O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação fechou várias parcerias com instituições americanas, durante a visita da presidente Dilma Rousseff aos Estados Unidos. O ministro Aldo Rebelo, que integrou a comitiva brasileira, participou de reuniões com representantes de centros de alta tecnologia

Dos sete acordos que o MCTI firmou com instituições dos EUA, quatro são para pesquisas na área aeroespacial. Com a Nasa, as cooperações serão para ampliar as investigações sobre o clima espacial e global e da heliofísica, ciência que estuda o sol, além de possibilitar que bolsistas do Ciência sem Fronteiras (CsF) participem do Programa de Estágio Internacional Nasa.

O outro acordo na área espacial foi firmado com a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA (Noaa, na sigla em inglês). Ficou acertada a instalação, no Brasil, de uma estação terrestre ligada ao Programa da Constelação do Sistema de Observação para Meteorologia, Ionosfera e Clima (Cosmic-2).

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/MCTI) se compromete a adquirir, construir, instalar, operar e manter a estação em local a ser definido com a instituição parceira. A ideia é que a infraestrutura entre em operação pelo menos seis meses antes do primeiro lançamento do programa, previsto para setembro de 2016.

Parceria entre EUA e Taiwan, o Cosmic-2 visa desenvolver, lançar e operar uma missão de satélites que suceda a primeira edição do Cosmic, no intuito de coletar dados troposféricos e ionosféricos como insumos para previsões de tempo diárias, estudos climáticos e pesquisa espacial.

Fonte: Paraná Online