Instagram anuncia que (enfim) vai se render aos anúncios
4:02 am - quinta-feira setembro 21, 2017

Instagram anuncia que (enfim) vai se render aos anúncios

Edição e postagem: Denison Duarte, em 04-10-2013 23:43 | Última modificação: 04-10-2013 23:43
Educandário Menino Jesus

rede social de compartilhamento de fotos Instagram divulgou em seu site que vai dar início à venda de espaço para anunciantes — mas apenas para os usuários dos Estados Unidos. "Nós temos grandes ideias para o futuro e um modo de fazer com que elas aconteçam é transformar o Instagram num negócio sustentável", diz a nota. Os anúncios começarão a aparecer dentro de alguns meses (a nota não especifica quantos) e envolverão, inicialmente, poucas empresas. A rede social fundada em 2010 por brasileiros não divulgou, no entanto, detalhes sobre a estratégia que utilizará para vender anúncios.

A rede foi comprada pelo Facebook , mas ainda não conseguiu dar lucro. Sua base de usuários chega a 150 milhões e tem se tornado uma das favoritas dos jovens nas redes. Mas analistas continuam se perguntando como foi possível transformar o entusiasmo de fotógrafos amadores, que foi a ideia inicial do aplicativo, em um modelo de negócios bilionário. No caso do Facebook, a empresa encontrou dificuldades em começar a rentabilizar sua operação em smartphones. Os resultados só começaram a ser percebidos no final de 2012.

Em nota, a empresa afirmou que os usuários terão controle sobre o que quiserem ver ou não. E, caso não queiram ver algum tipo de anúncio, poderão ocultá-lo, assim como ocorre no Facebook. "Nosso objetivo é fazer com que os anúncios pareçam tão naturais quanto as fotos e os vídeos de suas marcas favoritas que estão no Instagram", informa o comunicado. "Nós queremos que esses anúncios sejam tão agradáveis e criativos quanto os que vocês veem quando folheiam revistas", diz o texto.

Nos Estados Unidos (e em todo o mundo), anunciantes têm migrado cada vez mais para as redes sociais como forma de expor suas marcas. De acordo com a consultoria eMarketer, as empresas vão gastar 9,5 bilhões de dólares em propagandas nesse segmento em 2013.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE