7:05 pm - segunda-feira novembro 20, 2017

Celulares terão destaque em conferência tecnológica do Facebook

Edição e postagem: Denison Duarte, em 30-04-2014 00:55 | Última modificação: 30-04-2014 00:55
Celulares terão destaque em conferência tecnológica do Facebook

Hospital de Olhos

Facebook realiza nesta quarta-feira em San Francisco sua primeira conferência de desenvolvedores dos últimos três anos, que vem despertando grande expectativa em relação às novidades que a empresa possa apresentar para seu negócio em dispositivos móveis.

A maior rede social do mundo por número de usuários reúne centenas de desenvolvedores de aplicativos de todo o mundo em sua conferência F8, na qual lhes põe em contato entre si e com a companhia, realiza oficinas e conversas, e aproveita sua presença e a intensa cobertura midiática para apresentar as últimas novidades da empresa.

A última conferência F8, na qual se anunciou a “cronologia”, o então novo sistema para apresentar os conteúdos dos usuários em seu perfil, aconteceu em setembro de 2011, e desde então o Facebook não voltou a realizar nenhum evento similar, motivo pelo qual a conferência de amanhã levantou grande expectativa.

“Abriremos de manhã com o discurso de Mark Zuckerberg (cofundador e executivo-chefe do Facebook); e posteriormente as sessões se centrarão no objetivo do Facebook de ajudar os desenvolvedores a criar, fazer crescer e tirar rendimento econômico de seus aplicativos”, declararam à Agência Efe fontes da empresa.

A estratégia do Facebook durante os últimos tempos se concentrou cada vez mais em dotar de maior importância os aplicativos para celulares, uma decisão que foi respaldada pelos resultados econômicos da companhia.

Nos resultados relativos ao primeiro trimestre de 2014, apresentados na semana passada, dos US$ 2,27 bilhões que a empresa arrecadou com publicidade, 59% provieram das vendas a anunciantes em sua plataforma para smartphones.

Por sua vez, a rede social vem observando como, desde o quarto trimestre de 2013, o número de usuários que utilizam Facebook apenas no celular é maior que o volume de usuários que só o usam através do computador, e durante os três primeiros meses deste ano a proporção de usuários únicos no móvel foi de 26,7% contra 21% de usuários únicos através do computador.

A porcentagem restante de usuários (52,3%) acessam a rede social tanto através do celular como do computador.

Uma das apostas de futuro para o celular que soa com mais força para ser anunciada durante a conferência da quarta-feira é o lançamento de uma rede de publicidade para celulares própria do Facebook, que permitirá pôr em contato as plataformas de exposição, principalmente aplicativos para ceclular, com anunciantes.

O gigante das redes sociais passará a competir com a rede de publicidade Admob (propriedade do Google), para o que poderá aproveitar-se do colossal volume de dados sobre os usuários que dispõe e que deve permitir otimizar os esforços publicitários.

A conferência F8 deste ano tentará também ajudar os desenvolvedores de aplicativos para que estes gozem de maior visibilidade na rede social e possam chegar de forma mais eficiente a seu público alvo.