4:53 am - domingo novembro 19, 2017

Anatel começa hoje bloqueio de smartphones e tablets sem homologação

Edição e postagem: Denison Duarte, em 26-03-2014 23:29 | Última modificação: 26-03-2014 23:29
Anatel começa hoje bloqueio de smartphones e tablets sem homologação

Hospital de Olhos

Se você tem smartphone comprado no exterior, um alerta. A Anatel começa hoje, em fase de testes, o bloqueio de smartphones e tablets que não foram homologados. O foco será para aparelhos “piratas”, mas pode afetar até mesmo fabricantes tradicionais. Segundo a Anatel, o objetivo do bloqueio seria “melhorar a qualidade dos serviços” e evitar perigos que podem ser causados pela exposição às radiações de aparelhos que não foram homologados. Muitos aparelhos são os popularmente chamados “xing-lings”, de procedência chinesa e de fabricantes obscuros. Entretanto, marcas como Apple, Motorola e Samsung, que também vendem modelos similares no Brasil possivelmente não serão afetados, pois eles já têm seus modelos aprovados pela Anatel. Porém, modelos de fabricantes que não estão no Brasil, como HTC, YotaPhone ou Xiaomi estariam dentro do perfil dos que serão bloqueados. Tudo depende do modelo, e não só do fabricante.
O bloqueio se dará de acordo com o IMEI de cada celular, que basicamente é a identidade única que cada aparelho tem. Assim como os endereços MAC, cada fabricante tem uma quantidade de IMEIs e estas podem ser associadas à área onde serão vendidos. A Anatel, em parceria com os fabricantes, está criando um cadastro nacional de IMEI. Os chamados celulares “piratas” ou trabalham sem IMEI válido, ou com IMEI duplicado. Um exemplo prático é o “Smartphone estilo iPhone 5S” que o Ofertas Pank vende e que nós desmascaramos. A partir desta informação, quando você ligar seu aparelho, sua operadora saberá se ele está ou não dentro do cadastro de homologação da Anatel daí, quando associada à identificação do chip do usuário (o chamado IMSI), a operadora poderá saber se o aparelho é homologado e quem é o usuário. Caso não encaixe nesta , suas ligações e serviços de dados serão bloqueados. O mesmo valerá para tablets que usam apenas planos de dados. Lembrando que o bloqueio não interfere na assinatura dos clientes, bloqueando apenas os smartphones ou tablets de realizar chamadas. Bastando inserir o chip num aparelho nacional, este funcionará normalmente. A fase de testes começa hoje (17 de março) e nenhum aparelho será bloqueado até setembro, quando a nova regra passará a valer.