3:11 pm - segunda-feira novembro 22, 7537

Marcelo Castro vai pedir demissão do Ministério da Saúde nesta quarta, diz assessoria da pasta

Edição e postagem: Denison Duarte, em 27-04-2016 19:11 | Última modificação: 28-04-2016 08:41
Hospital de Olhos

Ainda nesta quarta-feira (27) o ministro da Saúde, Marcelo Castro, vai pedir demissão do cargo. A informação foi repassada pela assessoria do Ministério.

Deputado federal pelo PMDB, o piauiense assumiu o cargo de ministro da Saúde em outubro de 2015.

Mesmo com o rompimento do PMDB com o governo de Dilma Rousseff, Marcelo não seguiu o partido, permanecendo com a presidente.

Ele participou de uma entrevista coletiva sobre vacinação contra a gripe nesta quarta-feira, mas não falou sobre sua saída do governo.

Marcelo Castro iria participar da cerimônia de lançamento da nova etapa do programa Mais Médicos, prevista para a próxima sexta-feira (29).

No rol dos pedidos de demissões, o piauiense não está sozinho. Além dele, já pediram demissão dos seus cargos Celso Pansera (Ciência e Tecnologia), Mauro Lopes (Aviação Civil), Eduardo Braga (Minas e Energia), Henrique Eduardo Alves (Turismo) e Helder Barbalho (Portos).

Do PMDB, quem ainda permanece com o governo é a ministra Kátia Abreu, da Agricultura. Ela é amiga pessoal da presidente Dilma Rousseff.

Segundo o G1, o líder do partido, Leonardo Picciani(RJ) recomendou a Marcelo que deixasse o Ministério, tendo em vista a maioria ampla da bancada em defesa do impeachment da presidente.

Leonardo Picciani disse ainda que a demissão deve ser publicada no ‘Diário Oficial da União’ nesta quinta-feira (28).

“Ele [Marcelo Castro] pede demissão hoje e deve ser publicada amanhã. Eu tinha sugerido a ele que deixasse a pasta, já que a maioria da bancada se colocou favorável ao impeachment na votação que teve na Câmara”, afirmou.

Edição e postagem: Denison Duarte

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE