11:42 am - sábado novembro 18, 2017

Marcelo Castro pede exoneração do Ministério da Saúde para assumir mandato de deputado federal

Edição e postagem: Denison Duarte, em 16-02-2016 22:46 | Última modificação: 16-02-2016 23:42
Hospital de Olhos

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, pediu para deixar o cargo por um dia. Ele pretende assumir o mandato de deputado federal para colaborar na reeleição de Leonardo Picciani (PMDB-RJ).

A informação da exoneração foi dada pelos assessores e auxiliares, que na noite desta terça-feira (16) conversaram com o ministro.

De início, a expectativa era que o pedido de Marcelo Castro fosse feito ainda nesta terça, mas ele resolveu fazer parte da equipe que vai discutir sobre o Zika Vírus ainda nesta quarta-feira (17).

A publicação da sua exoneração deverá ser feita na edição extra do Diário Oficial da União. Após a votação ele deve retomar ao cargo na próxima quinta-feira (18), logo após a votação.

O piauiense Marcelo Castro chegou a manifestar para o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, incertezas quanto a deixar ou não o cargo. Ele fazia alusão a deixar o cargo em meio a um surto de microcefalia no país.

Nesta segunda-feira (15) a presidente Dilma Rousseff autorizou que o piauiense deixasse o cargo.

Já o Palácio do Planalto considera que é melhor adotar o discurso de que a decisão de Marcelo Castro fazer parte da eleição interna é pessoal e que não há interferência do governo federal.

O ministro Marcelo Castro é licenciado pelo PMDB-PI

Foto: Folha de São Paulo

Edição e postagem: Denison Duarte
Com informações da Folha de São Paulo