Aécio crítica militância petista e diz que PSDB vai dar outro rumo 'ético' ao País
2:30 pm - sexta-feira setembro 22, 2017

Aécio crítica militância petista e diz que PSDB vai dar outro rumo ‘ético’ ao País

Edição e postagem: Denison Duarte, em 28-09-2013 22:39 | Última modificação: 28-09-2013 22:39
Educandário Menino Jesus

O senador mineiro e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, fez duras críticas ao governo federal e em especial ao PT neste sábado, 28. Durante encontro regional do PSDB Sul, em Curitiba (PR), que reuniu cerca de dois mil participantes, disse que “a militância do PT acabou, pois todos estão empregados” e disse que cabe ao PSDB dar um “rumo ético” ao País.

Acompanhado do governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), os senadores tucanos Paulo Bauer (SC), Alvaro Dias (PR) e Aloysio Nunes (SP), além de outras lideranças, Aécio, provável candidato da sigla em 2014, também criticou possíveis manobras do governo federal para impedir a criação de novas legendas, em especial a da ex-senadora Marina Silva, que ainda está com seu processo indefinido.

Em um rápido discurso para a ala jovem do partido, Aécio disparou as primeiras críticas ao PT. “Quem tem postura é o PSDB, a militância do PT está empregada entre os mais de 20 mil cargos comissionados do governo”, disse. Ele afirmou ainda que seu partido vai dar outro rumo “ético” ao País. “Vamos falar de ética e eficiência para nos contrapormos a esse desvio ético que o governo do PT tem mostrado ao Brasil e ao mesmo tempo a ineficiência que é sua principal marca”, disse.

Sobre os novos partidos, Aécio lamentou a indefinição política de Marina Silva, que tenta registrar a Rede para entrar na corrida presidencial.

“Nós defendemos que nessa legislatura houvesse um tratamento isonômico, seja para a Marina criar o seu partido, seja para que outras forças também se consolidassem, mas eu defendo que, encerrado agora esse prazo de filiações partidárias haja, por parte do Congresso Nacional, uma rediscussão desse tema para que o mandato disputado por um partido político pertença àquele partido político”, disse.

Giba. O governador Beto Richa disse que o encontro marcaria uma nova fase dentro do PSDB e comemorou a entrada do jogador de vôlei Giba ao partido, que assinou a ficha de filiação neste sábado. “Há um clima de entusiasmo com esse novo projeto do PSDB. O Giba vai agregar muito ao partido, com sua juventude”, afirmou.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE