3:05 pm - segunda-feira novembro 20, 2017

Mulher suspeita de quebrar costelas de recém-nascida no Piauí é presa; família nega a agressão

Edição e postagem: Denison Duarte, em 11-03-2016 10:27 | Última modificação: 11-03-2016 23:15
Hospital de Olhos

Suspeita de quebrar as costelas da filha recém-nascida durante uma sessão de espancamento, uma mulher foi presa nesta quinta-feira(10) no município de Várzea Grande.

O bebê, de apenas 17 dias de nascido, chegou ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT) na noite dessa quarta-feira (9) em estado grave.

A diretoria do HUT informou ao G1 que a criança teve os pulmões comprometidos e algumas costelas quebradas em consequência das agressões.

Hematomas na recém-nascida

Profissionais de Saúde do hospital afirmam também que a criança apresenta hematomas pelo corpo e está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O Conselho Tutelar do município diz que os familiares negam a agressão, inclusive a mãe, que é a principal suspeita.

Por se tratar de agressão a um bebê, o caso está sendo investigado pela polícia sob sigilo. A mãe não teve sua identidade revelada.

Edição e postagem: Denison Duarte