Menu...

18 de dezembro de 2017

‘Era mais uma vítima deles do que uma acusada’, diz delegado sobre mãe de presos em Regeneração


Hospital de Olhos

Depois de ouvir em depoimento a mãe dos suspeitos presos por associação ao tráfico de drogas na região de Regeneração, a polícia a liberou ainda nesta quarta-feira (11) por concluir que os dois filhos apenas a usavam para tentar esconder o tráfico de drogas na região.

A senhora, que não teve sua identidade informada, foi apontada nesta quarta-feira como suspeita de integrar o tráfico com os dois filhos, conforme apontaram as primeiras avaliações da ‘Operação Regenerare’, que foi desencadeada pela Polícia Civil de Amarante no município de Regeneração.

O delegado de Amarante, Otony Nogueira Neto, que estava à frente da operação, afirmou que “não foram encontrados elementos que comprovem a participação da mãe dos suspeitos no tráfico”

Segundo ele, “ela era mais uma vítima deles do que uma acusada”. A casa da idosa, de acordo com Otony, “era usada para esconder entorpecentes a fim de tentar despistar a polícia”

A mãe dos suspeitos desconhecia a existência de entorpecentes na residência

“Ela disse simplesmente que não tinha conhecimento de que o entorpecente estava lá, tanto que a gente encontrou no quarto do filho. Era mais desentendida e não vi malícia na postura dela”, afirmou ao G1 o delegado.

Em meio aos celulares roubados, a polícia disse que há um aparelho que foi roubado no município de Pedreiras, no Maranhão.

Os suspeitos, de acordo com o delegado, mantinham contato com criminosos do Maranhão com a finalidade de receptação dos celulares roubados.

“Os irmãos são acusados de chefiar uma organização, trabalhando com empréstimos que tinham viés associado ao crime, com trocas de veículos. Eles estavam em contato com criminosos do estado do Maranhão para receptar celulares roubados. Temos uma lista configurada. ”, encerrou.


Tags:

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE