1:59 pm - sábado novembro 18, 2017

Fotos íntimas de mulher, vazadas no WhatsApp, viram alvo de investigação da polícia no Piauí

Edição e postagem: Denison Duarte, em 15-02-2016 09:37 | Última modificação: 15-02-2016 09:53
Hospital de Olhos

Fotos íntimas vazadas e compartilhadas no WhatsApp viram alvo de investigação da Polícia Civil do município de Cocal.

Uma das linhas de investigação da polícia é que as fotos tenham vazadas a partir do conserto do celular da vítima.

A mulher não teve sua identidade revelada pela polícia. Ela registrou um Boletim de Ocorrência e prestou depoimento na delegacia de Cocal dos Alves.

Na última sexta-feira (12) a vítima voltou à polícia acompanhada de um advogado, apresentando os nomes dos supostos responsáveis pela divulgação das fotos.

Na ocasião a mulher informou às autoridades alguns dos nomes que ela considera suspeitos de espalharem as fotos.

Todos deverão ser intimados a prestarem depoimento nos próximos dias. “A divulgação e o compartilhamento não autorizado das imagens pode gerar punições graves. A vítima pode processar penal e civilmente a quem colaborar com a propagação das fotos ou vídeos, o que chamamos de crime de honra”, disse o policial Walter Brune.

“A vítima está muito constrangida. As intimações já estão prontas e nos próximos dias os suspeitos serão ouvidos por mim para que eu possa tomar as providências, conforme determina a lei”, completa.

Não é o primeiro caso no município de Cocal dos Alves. As ocorrências anteriores não tiveram queixas formalizadas e, portanto, não foram feitos os trabalhos de investigação.

fotos íntimas

O policial Walter diz que não é a primeira vez que fotos íntimas vazam em Cocal

Edição e postagem: Denison Duarte

Com informações do blog do coveiro