6:20 am - domingo novembro 19, 2017

Idoso é preso vendendo crack em estabelecimento disfarçado de bar, em Teresina

Edição e postagem: Denison Duarte, em 21-02-2017 15:20 | Última modificação: 21-02-2017 15:20
Hospital de Olhos

Um estabelecimento, conhecido como bar do Paulinho, na Vila Irmã Dulce – em Teresina, com venda de cerveja e cachaça vendia também entorpecentes. O comerciante Paulinho foi preso como suspeito de realizar o tráfico no local.

A descoberta foi feita pela equipe da Delegacia Especializada de Prevenção e Repressão de Entorpecentes (Depre), que tem à frente o delegado Menando Pedro.

Uma busca e apreensão feitas no local resultou na apreensão de 47 pedras de crack.

“Recebemos a denúncia anônima e pedimos um mandado de busca e apreensão ao Dr. Luís Moura – da Central de Inquéritos. Paulinho foi autuado pelo tráfico de drogas. Com ele apreendemos também certa quantia em dinheiro. Ele agora vai ficar à disposição da Justiça”, disse o delegado.

Em depoimento, Paulinho confessou que, por volta dos anos 90, havia respondido por um crime de homicídio.

“Ele, por já ter cabelos brancos, deveria respeitar mais ainda a lei, e saber dos prejuízos que está causando com venda de droga. Ele chegou com toda a naturalidade dizendo: eu vendia só umas pedrinhas”

Depre realiza prisão no bar do Paulinho | Drogas e dinheiro foram apreendidos

Com informações do Meio Norte