Menu...

17 de dezembro de 2017

Polícia Federal apura ligação de políticos a assaltos a bancos ocorridos no Estado do Piauí


Hospital de Olhos

O desvio de recursos públicos federais realizado por políticos e gestores públicos e o financiamento a assaltos a bancos e roubos realizados no Piauí podem ter ligações, é o que aponta o Jornal Meio Norte desta terça-feira (17).

A suspeita, segundo o jornal, é da Polícia Federal que, apesar de não ter nenhum assalto ainda relacionado diretamente ao uso de recursos públicos federais, adotou providências como quebra de sigilos bancários e de sigilo eletrônico para checar as vinculações com os dois tipos de crimes.

A Delegacia Regional de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal no Piauí, que tem à frente o delegado Albert Sérvio, assegura que “o crime organizado pratica o crime de corrupção e de tráfico de drogas” .

O delegado disse ainda que a existência de contatos e vínculos entre esses grupos é provável, “e isso merece ser investigado”. Segundo ele, é possível haver um grupo organizado por trás dos executores dos assaltos no Piauí.

“Isso é objeto de investigação da Delegacia de Repressão
a Crimes Contra o Patrimônio e do Tráfico de Armas. Isso é objeto de investigação a partir de ordem judiciais que são cumpridas nas investigações policiais”, falou o delegado ao Jornal Meio Norte desta terça-feira.

O delegado reforça ainda que a violência não pode apenas ser tratada no aspecto policial, mas social. “As investigações devem continuar e as operações com prisões de criminosos devem ser cada vez mais constantes para a Polícia Federal”.


Tags:

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE