8:54 pm - terça-feira novembro 21, 2017

Posso sair como posso ficar, afirmou Wilson

Edição e postagem: Leomar Duarte, em 21-12-2013 09:44 | Última modificação: 21-12-2013 23:28
Hospital de Olhos

O governador Wilson Martins (PSB) garantiu ao secretariado – na última reunião do ano – que é um “homem feliz e realizado”. Todos sem exceção queria saber uma posição do governador: se ele permanece ou renunciará ao cargo em abril. Em sua fala, Wilson Martins instigou a curiosidade da equipe. “Eu posso ficar como posso sair. Neste momento a vontade é de permanecer, mas a decisão não é só minha”, disse.

Em seu discurso para toda a equipe na Escola Fazendária, o governador deu um tom de que precisa ter segurança de que o projeto será continuado para poder renunciar o cargo. Wilson Martins anunciou que em breve estará lançando um plano de desenvolvimento econômico para os próximos 40 anos. Com o plano, o governador quer a continuidade dos projetos.
O coordenador de Comunicação, Fenelon Rocha, ressaltou a fala do governador no que diz respeito à transparência e gestão planejada. “É um modelo diferente que planeja o Estado a curto, médio e longo prazo”, disse Fenelon Rocha.
Ele confirmou ainda que o governador deu um tom de que pode sair como pode ficar e que é um homem feliz pelas realizações no governo.
Empenho
Antes da reunião, ao falar com imprensa, o governador disse que pediria empenho e que a equipe vestisse a camisa. Ele avaliou o governo e os resultados alcançados este ano. Segundo dados do Sistema de Monitoramento das Ações Estratégicas (Simo), este ano, o Governo desenvolveu 617 ações, entre obras, programas e projetos a um custo de mais de R$ 4,2 bilhões.
Metas 2014
Na reunião, o governador traçou propostas de planejamento para o ano que vem. Em 2014, o governo vai construir quatro barragens, contratar adutora no Litoral e entregar obras de mobilidade urbana, a exemplo do rodoanel de Teresina, ponte Jucelino Kubitschek e duplicação das BRs 316 e 343.
Na infraestrutura, 2014 será o ano para a pavimentação de trechos de estradas. O Governo deve triplicar a recuperação de estradas. Mais de 600 quilômetros serão recuperados, somando a isso mais de 1.300 quilômetros que devem ser construídos em um ano.
Na educação, o novo prédio da Universidade Estadual do Piauí em Picos será inaugurado no primeiro trimestre.
Já para a saúde, a proposta é construir a nova maternidade de Teresina e o novo Hospital Regional de Picos, que já será encaminhado para licitação na próxima segunda-feira (23). Outra meta é adquirir 100 ambulâncias e entregar 10 Unidades Básicas de Saúde.
Fonte: Cidade Verde
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE