12:14 pm - domingo novembro 19, 2017

Vereadores têm mandatos cassados por faltar sessões no interior do Piauí

Edição e postagem: Denison Duarte, em 16-07-2014 09:44 | Última modificação: 16-07-2014 09:50
Vereadores têm mandatos cassados por faltar sessões no interior do Piauí

Hospital de Olhos

A Câmara Municipal de Pedro Laurentino, cidade a 400km de Teresina, cassou o mandato de quatro vereadores, todos de oposição. Eles foram enquadrados no artigo 50, III da Lei Orgânica do Município por faltarem as sessões da casa.

A perda dos mandatos se deu através de uma Resolução da Mesa Diretora composta por três vereadores: o presidente, o vice e o secretário. Os vereadores cassados, Miguel Arcanjo (PSD), Evandro Leite (PSD), Raimundo Pereira (PV) e Paulo Adriano Dias (PSB) (foto), alegam que são vítimas de perseguição do ex-prefeito Gilson (PTB).

Gilson, aliás, é hoje o presidente do PTB da cidade. Da cassação eles recorreram ao juiz da Comarca que concedeu liminar anulando decisão da Mesa. A Câmara então agravou para o Tribunal de Justiça, tendo o desembargador Hilo Almeida mantido as cassações. Agora, eles vão recorrer a pleno do TJ. Enquanto isso, os suplentes foram convocados para já tomar posse.Um dos cassados em Pedro Laurentino é o vereador Miguel Arcanjo, do PSD, bastante conhecido na região. Ele tem sete mandatos, portanto, 28 anos de vereança e garante que nunca cometeu uma infração. Afirma que sua ficha é limpa e que essa cassação está lhe tirando o sono por manchar sua vida pública.

Foto: Pedefigueira

Fonte: Campo Maior Em Foco.