12:26 pm - quarta-feira novembro 22, 2017

Suspeita de matar filhote de cão a facadas pode pegar de três meses a um ano de prisão no Piauí

Edição e postagem: Denison Duarte, em 11-08-2015 13:57 | Última modificação: 11-08-2015 14:04
Hospital de Olhos

Com requinte de crueldade, um filhote de cachorro foi morto nesta segunda-feira, 10, no município de José de Freitas a golpes de faca. O caso foi parar no 17º Distrito Policial da cidade. Os proprietários apontam que uma vizinha foi a autora da ação criminosa.

A mulher, suspeita de ter cometido o crime contra o animal, recebeu a intimação para comparecer à delegacia, mas, no seu lugar, apareceu o marido. Ele prestou esclarecimentos na manhã desta terça-feira, 11.

Na defesa da esposa, ele disse que a mulher apenas arremessou uma faca contra o pequeno animal, atingindo-o na barriga, tendo morte imediata. “Essa foi a versão dele, mas o delegado vai ainda ouvir a esposa, tida como a suposta autora, além de outras testemunhas”, afirmou o coordenador de Polícia Civil da cidade, Gilson Ferreira.

Por não ter atendido ao chamado do Distrito Policial, a mulher foi levada à delegacia por policiais por determinação do delegado de José de Freitas, Wildson Rodrigues. O caso está sendo investigado.

A pena prevista para quem maltrata animais é de três meses a um ano de prisão. “Em casos em que o animal morre, a pena pode aumentar”, disse a advogada Savina Moura, da ONG 7 Vidas, entidade de defesa dos animais.
cachorro-morto

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE