3:44 am - quarta-feira outubro 18, 2017

Quem denunciar incêndios criminosos será recompensado por prefeitura do Piauí; veja!

Edição e postagem: Denison Duarte, em 27-09-2017 14:33 | Última modificação: 28-09-2017 20:41
Quem denunciar incêndios criminosos será recompensado por prefeitura do Piauí; veja!

Foto: G1

Hospital de Olhos

PREFEITURA OFERECE RECOMPENSA – A Prefeitura de Monsenhor Gil resolveu recompensar a quem denunciar incêndios criminosos na cidade. A proposta está sendo feita porque, segundo o Corpo de Bombeiros, a maioria das queimadas acontece de forma intencional e os militares não conseguem atender nem a demanda das ocorrências na região metropolitana de Teresina.

O Prefeito João Luiz assegura que as recompensas representam uma medida desesperada de conter incêndios. Segundo ele, as queimadas já consumiram vários quilômetros de mata na cidade. A população, disse ele, “sempre colabora denunciando no 190 da Polícia Militar que, geralmente, repassa as ocorrências para a prefeitura”.

“Ainda nem determinamos um valor fixo para recompensar as pessoas, mas quem denunciar pode nos procurar que vamos dar um jeito. Queremos mesmo é acabar com essas queimadas de todas as formas, que pioram muito nessa época do ano”, declarou o prefeito ao G1.

O prefeito se refere aos períodos mais quentes do ano que começam em setembro, é o chamado br-ó-bró. Nesse período do ano a temperatura passa de 40º e ainda há queda da umidade do ar.

A elevação da temperatura é um fator preocupante para o Corpo de Bombeiros.

“As pessoas colocam fogo até para retirar abelhas de um terreno e essas chamas saem de controle. Não é por maldade, mas acontece e é proibido. Todo mundo precisa entender que não se pode fazer isso em nenhuma época, mas nesse período a situação fica ainda pior. Além do risco de vida, esse fogo prejudica o sistema respiratório e ainda aumenta muito as temperaturas que já estão elevadas”, explicou o major Egídio Leite, relações públicas do Corpo de Bombeiros.

De acordo com major os militares levam até três dias para conter as chamas em grandes áreas quando o mato está muito seco. Em média, 12 ocorrências são registradas por dia, Mas já houve casos de chegarem até 27 chamados num só dia.

Prefeitura oferece recompensa | Excesso de ocorrências preocupa gestão municipal

Prefeitura oferece recompensa

Foto: G1