Menu...

18 de dezembro de 2017

Polícia prende olheiro e impede novo assalto a banco no Piauí


Hospital de Olhos
Ao ser abordado pela Polícia Militar, o suspeito não apresentou os documentos pessoais e informou que estava à procura de emprego e que tinha chegado a cidade de carona com um caminhoneiro

Um homem identificado por Gelson do Nascimento, vulgo “Negão”, foi preso na cidade de Simões, acusado de ser integrante de uma quadrilha especializada em assalto a instituições bancárias.

O acusado foi encontrado no Centro da cidade, nas proximidades da agência do Banco do Brasil, que já foi assaltada por duas vezes.

Ao ser abordado pela Polícia Militar, o suspeito não apresentou os documentos pessoais e informou que estava à procura de emprego e que tinha chegado à cidade de carona com um caminhoneiro. Durante uma revista minuciosa, policiais encontraram documentos de identificação, um chip de telefonia móvel da operadora Tim, e uma quantia em dinheiro, no valor de R$ 117, que alegou ter adquirido através de doação de moradores.

O suspeito foi conduzido ao GPM de Simões, onde foi submetido a uma investigação a partir dos dados pessoais. A Polícia Militar descobriu que o acusado era membro de uma quadrilha especializadas em assalto a bancos nas regiões  Norte e Nordeste do Brasil.

Interrogado, Gelson resolveu fornecer mais informações. Ele informou que estava na cidade para fazer um levantamento sobre melhor posicionamento de carros para fugas, movimentações dos policias e melhor horário para efetuar o assalto, que seria realizado na quarta-feira passada, dia 11 de junho.

Segundo o acusado, a quadrilha iria utilizar uma camionete Hillux roubada em Salgueiro, no estado do Pernambuco, e um VW Golf ou uma Fiat Strada, além de armamento de grosso calibre, como espingarda calibre 12, três fuzis 762 e pistolas .40. Todo o equipamentos já estaria escondido na propriedade de Aparecido Olímpio Gomes, vulgo “Pelado”, localizado na zona rural de Salgueiro/PE.

O membro detido informou, ainda, que teria participado dos dois últimos assaltos realizados na agência do Banco do Brasil, em Simões, ocorridos em 1º de abril de 2013, e no dia 12 de fevereiro 2014. Segundo informações obtidas pela polícia, os outros indivíduos que teriam participado dos assaltos foram Aparecido Olímpio Gomes, vulgo “Pelado”, apontado como mandante das ações, motorista, membro da quadrilha de Rafinha e braço direito chefe da quadrilha conhecido como Martins Simão dos Santos. Gelson do Nascimento é sobrinho de “Pelado” e participava como olheiro e armeiro da quadrilha.

Outros integrantes são Fernando, vulgo “Moreno”, responsável por posicionar o bando no local do assalto; Toinho ou Galego e Givaldo José Vieira, vulgo “Gordo”, eram responsáveis por recolher o dinheiro; Nivaldo, vulgo “Bigode”, ficava fora do Banco com reféns formando escudo humano; e Diego da tornado”, outro olheiro e responsável pelo apoio logístico, com alimentação e comunicação.

De acordo com informações do tenente da Polícia Militar e do delegado de Polícia Civil, Dr. Ferdinando Martins, foi pedida a prisão temporária do indivíduo Gelson Nascimento para dar continuidade a uma investigação minuciosa a procura dos demais membros da quadrilha. O pedido que foi concedido pelo juiz da Comarca de Simões.

Cidades na Net, com informações da Veredas FM


Tags: , , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE