12:14 pm - domingo novembro 19, 2017

Município de Picos terá curso de Medicina pela UFPI em 2016 e abertura de concurso este ano

Edição e postagem: Denison Duarte, em 29-10-2015 15:57 | Última modificação: 30-10-2015 11:23
Município de Picos terá curso de Medicina pela UFPI em 2016 e abertura de concurso este ano

Foto: Assessoria de Imprensa

Hospital de Olhos

Em reunião com o deputado Mainha, o Reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Arimatéia Dantas, garantiu o início do curso de medicina de Picos para o próximo ano. Além de assegurar que a abertura do concurso para a contratação dos professores do curso deve acontecer ainda em novembro deste ano. A previsão, segundo o Reitor, é de que as provas aconteçam dia 14 de Fevereiro de 2016.

“Agora no final de agosto saiu a autorização de 26 vagas para contratação de professores para o curso de medicina em Picos. Estamos preparando o edital que deve ser lançado no próximo mês, por volta do dia 10 de novembro. Só falta a liberação das vagas para técnico administrativo”, informou o Reitor.

Ainda segundo o Reitor Arimatéia Dantas, o curso de medicina em Picos disponibilizará 60 vagas para alunos, com perspectiva de que estas aumentem futuramente. “A liberação desse número de vagas é proporcional ao número de leitos SUS existente ali naquela região. Em Picos são 60 (vagas), então teria que ser 300 leitos. Sendo cinco alunos cada leito. Com o hospital novo, então vai ser possível até ampliar as vagas lá futuramente.”, explica.

A abertura do curso de medicina em Picos é uma proposta defendida pelo deputado Mainha. “Saber que finalmente o curso de medicina em Picos agora é uma realidade, me deixa muito feliz. Porque além de ampliar as vagas neste curso tão visado, estamos dando uma oportunidade para os jovens daquela região que antes, muitas vezes passavam no vestibular, mas não tinham condições de ir cursar em Teresina.”, frisa o parlamentar.

Na oportunidade o Reitor conversou ainda com o deputado Mainha sobre dois novos projetos para UFPI, que trata da construção De laboratórios novos, sendo um com os equipamentos necessários para que alunos portadores de necessidade tenham as mesmas condições de aprendizado que os demais alunos, e outro de Línguas, para ofertar cursos de línguas estrangeiras à comunidade.

picos

Foto: Assessoria de Imprensa

Texto: Karla Brasil