7:18 am - segunda-feira novembro 20, 2017

Piauí perdeu R$ 481 milhões no Orçamento de 2013

Edição e postagem: Denison Duarte, em 13-01-2014 20:53 | Última modificação: 13-01-2014 20:53
Piauí perdeu R$ 481 milhões no Orçamento de 2013

Hospital de Olhos

O estado do Piauí perdeu ao todo exatos R$ 481.280.546,00 no Orçamento de 2013 ao não conseguir empenhar uma emenda de bancada. A quantia, a maior da última década a ser aprovada em um orçamento, chegou a ser comemorada no final de 2012.

O então coordenador da bancada, João Vicente Claudino (PTB), divulgou nota enfatizando a maior quantia em reais já aprovada em emendas de bancada em um orçamento direcionado para o Piauí. Ali parecia que se desenhava a maior liberação em todos os tempos.

– Ministra do Planejamento, Miram Belchior: ela havia dito que a prioridade do governo federal era outra.  (Foto: Agência Câmara).

Mas não foi o que aconteceu. Passado o ano orçamentário, o que parecia ser um feito, se tornou um pesadelo. Nada, nenhum real desse valor foi empenhado. E como o empenho é necessário para a liberação dos valores – até o fim do ano para o qual o orçamento foi aprovado – o Piauí perdeu tudo. Ninguém do governo federal foi generoso com o estado.

Nunca antes na história do Piauí…
O feito coincide com a legislatura em que os treze parlamentares da bancada piauiense integram a base governista, e coincide com o ano em que o coordenador da bancada é um petista, o deputado federal Jesus Rodrigues. O mesmo partido da presidente Dilma Rousseff.

Uma das emendas destinava-se à construção do Complexo Materno Infantil em Teresina. Valor perdido: R$ 75 milhões. Uma outra destinava-se à construção de uma ponte rodoviária urbana sobre o Rio Poti. Valor Perdido: R$ 30 milhões.

Abaixo a relação das emendas e dos valores perdidos pela bancada:

– Implantação de Academias de Saúde: R$ 60.000.000,00

– Ampliação de Sistemas de Esgotamento Sanitário: R$ 41.000.000,00

– Apoio ao Transporte Escolar para a Educação Básica: R$ 48.000.000,00

– Construção da Ponti sobre o Rio Poty: R$ 30.000.000,00

– Estruturação  de Unidade de Atenção Especializada em Saúde: R$ 10.880.546,00

– Investimento nos Platôs de Guadalupe (Segunda Etapa): R$ 1.900.000,00

– Complexo Maternao Infantil: R$ 75.000.000,00

– Implantação de Obras de Infra Estrutura Hídrica: R$ 40.000.000,00

– Tabuleiros Litorâneos: R$ 2.500.000,00

– Construção da Vila Olímpica do Município de Parnaíba: R$ 24.000.000,00

– Infraestrutura para a Educação Básica: R$ 24.000.000,00

– Construção de Adutoras: R$ 40.000.000,00

– Apoio a Entidades de Ensino Superior Não Federais: R$ 24.000.000,00

Por Rômulo Rocha