5:43 pm - sábado novembro 18, 2017

Piauí tem maior volume de obras da história do Estado

Edição e postagem: Denison Duarte, em 06-11-2013 15:59 | Última modificação: 06-11-2013 15:59
Hospital de Olhos

Atualmente, o Piauí tem 541 obras sendo executadas pelo Governo do Estado nas áreas de saúde, educação, desenvolvimento rural, infraesturura, saneamento básico, mobilidade urbana e desenvolvimento habitacional. Esse é o maior índice de obras na história do Estado, realizadas em apenas três anos de gestão governamental.

Os dados são deste semestre, com base no Sistema de Monitoramento de Ações Estratégias do Governo do Estado (Simo) que fiscaliza as ações governamentais. Mais de quatro bilhões de reais estão sendo investidos em construções, reformas, ampliações e ações estratégicas de desenvolvimento de Norte a Sul do Piauí. São obras de curto e médio prazo com recursos assegurados até sua conclusão.

De acordo com a Secretaria Estadual do Planejamento, 64 obras já foram ou serão entregues nestes últimos meses de 2013 e 11 estão previstas para o primeiro semestre de 2014. No entanto, o cronograma exclui as obras da educação, pois o Simo não analisa a previsão de conclusão dessa pasta.

A maior parte das execuções é feita com recursos próprios do Estado, cerca de 60%, envolvendo as secretarias estaduais de Saúde, Educação, Desenvolvimento Rural, Transportes, Infraesturura, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Cidades, além da Agespisa, do Instituto de Desenvolvimento do Piauí, da Agência de Desenvolvimento Habitacional, bem como do Departamento de Estradas de Rodagem.

Para o governador Wilson Martins, sua administração está pautada no acompanhamento de metas e por isso tem dado resultados positivos. “Nos últimos três anos, temos focado em uma gestão com planejamento e controle. Isso tem proporcionado a possibilidade de executar um grande número de obras com recursos próprios, sem prejudicar as contas do Governo. Estão todas em dia e organizadas”, assegura.

A Capital está recebendo investimento em importantes obras, a exemplo da construção do rodoanel, extensão da ponte Juscelino Kubitschek e Wall Ferraz, alargamento das BRs 316 e 343 e centros de referência em recuperação de dependentes químicos. Já no interior do Piauí, os investimentos são na ordem de pavimentações asfálticas, Unidades Básicas de Saúde, escolas, quadras poliesportivas.