10:10 am - terça-feira novembro 21, 2017

“O PSDB não tem moral para discutir corrupção”, declara Fábio Novo

Edição e postagem: Leomar Duarte, em 20-10-2014 20:37 | Última modificação: 20-10-2014 20:37
“O PSDB não tem moral para discutir corrupção”, declara Fábio Novo

Hospital de Olhos

O deputado estadual Fábio Novo (PT) participou, agora há pouco, do Jornal do Piauí, na TV Cidade Verde, e comentou sobre a eleição presidencial que terá seu desfecho no próximo domingo (26). O deputado destacou o apoio à presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff.

“Tendo Dilma como presidente da República e Wellington governador teremos uma sintonia melhor com Brasília e com isso nós teremos, com certeza, projetos que irão beneficiar o nosso estado. Então, eu não tenho dúvida que, nesse momento, a melhor escolha para o Piauí, é prosseguir com a presidente Dilma”, disse o deputado.

Fábio Novo rebateu a fala do vereador do PSDB, Edson Melo de que o desgaste do Governo Federal por conta das denúncias de corrupção torna favorável a eleição do tucano Aécio Neves.

“O PSDB não tem moral para discutir corrupção. A gente precisa deixar isso muito claro para a sociedade. Quem mais combateu corrupção foi o Partido dos Trabalhadores. Vamos lembrar como era o governo do Fernando Henrique Cardoso. Nós tínhamos um procurador-geral da república que engavetava todos os processos. Mensalão mineiro, tem algum preso? Tivemos alguma situação de algum processo grave de alguém do colarinho branco na era Fernando Henrique Cardoso preso no Brasil? Quem nomeia todos os ministros do Supremo Tribunal Federal é o presidente da República. Quem nomeou nove dos onze ministros foram Lula e Dilma e eles não foram pedir para não julgar o mensalão do PT”, destacou Fábio Novo.

O deputado disse ainda que na época do governo de Fernando Henrique Cardoso, não eram realizadas grandes investigações no país.

Fonte:GP1