5:32 pm - terça-feira novembro 21, 2017

Mulher mata o companheiro com golpe de faca e é presa

Edição e postagem: Denison Duarte, em 02-04-2014 23:43 | Última modificação: 02-04-2014 23:44
Hospital de Olhos

A mulher que matou o pescador Antônio José dos Santos Oliveira, 47 anos, com uma facada no peito e encontrado morto no povoado Labino, zona rural de Ilha Grande, foi presa na tarde desta quarta-feira, 2, no povoado onde aconteceu o crime.

Dulcinéia Oliveira Lima, 43 anos, conhecida “Dúia” afirmou que matou seu companheiro após os dois terem ingerido bebida alcoólica e se desentendido. Ela disse que Antônio começou a beber cedo de terça-feira, 1, em Parnaíba e continuou em casa. Quando mais tarde também começou a beber. Após cobranças por ciúmes, chegaram à discussão.

Dulcinéia relatou que seu companheiro puxou por uma faca e lhe ameaçou de morte. Quando viu que seria agredida, também pegou uma faca e no auge da briga acabou esfaqueando o pescador. “Eu tentei me defender, ele ia me matar”, afirmou a mulher. O crime aconteceu por volta das 22h30 de terça-feira, 1, mas somente às 4h de hoje que a polícia tomou conhecimento das primeiras informações.

Segundo o soldado da Polícia Militar Mauro César, a mulher já havia deixado o pescador outras vezes, mas ele insistia para voltar. Dulcinéia Lima expôs o braço esquerdo que já foi quebrado por Antônio Oliveira, mostrou ainda cicatrizes no rosto e no couro cabeludo que resultaram de brigas com o ex-companheiro.

A prisão da acusada aconteceu após um empenho do Serviço Reservado da Polícia Militar, sob comando do tenente coronel Sousa, o Grupo de Policiamento Militar de Ilha Grande e a Força Tática. Com ela foram encontrados um celular e R$ 8,50 em dinheiro. A faca utilizada no crime também foi apreendida. Dulcinéia Oliveira Lima foi levada para a Central de Flagrantes onde foi sabatinada por questionamentos e não deixou de responder a ninguém.

Fonte: ProParnaíba