3:34 am - quarta-feira outubro 18, 2017

Junta Comercial se prepara para emitir registros em 48h

Edição e postagem: Denison Duarte, em 19-09-2013 23:38 | Última modificação: 19-09-2013 23:38
Hospital de Olhos

A Junta Comercial do Piauí (Jucepi) está passando por uma série de mudanças para melhorar o atendimento ao público. Um dos principais focos diz respeito ao investimento em tecnologia da informação, que deve agilizar o processo de registro de novas empresas no estado.

"Com todo esse aparato será possível emitir um registro e o CNPJ de uma empresa em até 48h", afirma o presidente da Jucepi, José Eduardo Pereira. Segundo o gestor, outra medida que já está sendo adotada é a digitalização do acervo do órgão.

“A digitalização, a reorganização e a produção de serviços de qualidade do arquivo da Jucepi são as condições fundamentais para melhorar e facilitar a vida do usuário. Todos que buscam essa linha de desenvolvimento econômico têm urgência para a questão da resolutividade dos atos do registro da empresa, justamente porque o desenvolvimento econômico do Piauí também tem pressa”, pondera.

Além disso, a Junta Comercial lança nos próximos dias o novo site do órgão. A mídia eletrônica acompanhará um novo layout com mais designações para que o usuário possa ter mais agilidade e conforto para utilizar os serviços. “A necessidade do site por ser um instrumento de capilarização é fazer com que ele chegue ao usuário, com a possibilidade de se ter um bom número de serviços e, com essa mídia, dar a capacidade que o usuário merece”, esclarece o presidente da Junta A Junta Comercial do Piauí (Jucepi) está passando por uma série de mudanças para melhorar o atendimento ao público. Um dos principais focos diz respeito ao investimento em tecnologia da informação, que deve agilizar o processo de registro de novas empresas no estado.

"Com todo esse aparato será possível emitir um registro e o CNPJ de uma empresa em até 48h", afirma o presidente da Jucepi, José Eduardo Pereira. Segundo o gestor, outra medida que já está sendo adotada é a digitalização do acervo do órgão.

“A digitalização, a reorganização e a produção de serviços de qualidade do arquivo da Jucepi são as condições fundamentais para melhorar e facilitar a vida do usuário. Todos que buscam essa linha de desenvolvimento econômico têm urgência para a questão da resolutividade dos atos do registro da empresa, justamente porque o desenvolvimento econômico do Piauí também tem pressa”, pondera.

Além disso, a Junta Comercial lança nos próximos dias o novo site do órgão. A mídia eletrônica acompanhará um novo layout com mais designações para que o usuário possa ter mais agilidade e conforto para utilizar os serviços. “A necessidade do site por ser um instrumento de capilarização é fazer com que ele chegue ao usuário, com a possibilidade de se ter um bom número de serviços e, com essa mídia, dar a capacidade que o usuário merece”, esclarece o presidente da Junta