12:37 am - terça-feira novembro 21, 2017

Grupo Escalet se prepara para Paixão de Cristo 2014

Edição e postagem: Denison Duarte, em 12-03-2014 09:45 | Última modificação: 12-03-2014 09:45
Grupo Escalet se prepara para Paixão de Cristo 2014

Hospital de Olhos

Nos dias 18 e 19 de abril (sexta e sábado), acontecerá às 20h, no Teatro Cidade Cenográfica, segundo maior a céu aberto do Brasil, uma das mais belas histórias da humanidade a “Paixão de Cristo”, organizada pelo Grupo Escândalo Legalizado de Teatro – ESCALET. Com 45 mil metros quadrados, o Teatro Cidade Cenográfica se localiza em Floriano, município a 240 km de Teresina.

Fé e emoção definem o espetáculo que mostra a trajetória de Jesus do batismo à ressurreição. Considerada a mais consagrada e emocionantehistória da humanidade, atrai um público de todas as idades. Estima-se que a montagem do grupo ESCALET já foi vista por mais de dois milhões de espectadores em mais de 164 apresentações tanto no Teatro Cidade Cenográfica, como em festivais e praças públicas do país. Além disso, ele é considerado o maior evento cultural do Piauí – um atrativo que movimenta o turismo local, com mais de 30 mil espectadores por ano. 

O evento está na sua 19° montagem com um elenco de estrelas, formado por 350 atores. Para enriquecer e valorizar ainda mais a encenação, o grupo conta desde 2002 com a participação de atores de projeção nacional, ao longo dos anos já estiveram presente artistas como, Claudio Herinch, Monica Carvalho, Dalton Vigh, Guilherme Weber, Caio Blat, Manoela do Monte, Camila Rodrigues, Patrícia Wernek, Marco Antônio Gimenez, Ricardo Pereira, Luciano Szafir, Thiago Fragoso, Alexandre Slaviero, Gustavo leão, Marco Pigossi, Tuca Andrada, Rafael Cardoso, Heitor Martinez e Gisely Soares, interpretando papeis diferentes.

Em 2014, o espetáculo contará com a participação dos atores nacionais Carlos Casagrande, que irá viver o personagem Pilatos, governador romano que por volta de 33 foi enviado para Jerusalém com objetivo de pôr ordem à situação que havia se instalado na região, após a dominação do império romano.

Em Jerusalém, Pilatos se depara com situações complicadas que vai desde a revolta do povo da Galiléia com os impostos cobrados por Roma até o surgimento de profetas como João Batista e Jesus nazareno. A situação imposta na trama, que é a maior encontrada na Bíblia Sagrada, leva o governador a lavar as mãos ante o julgamento de Jesus e este é Crucificado.