Governo empresta mais de R$ 285 milhões na região da seca
9:48 am - quarta-feira setembro 20, 2017

Governo empresta mais de R$ 285 milhões na região da seca

Edição e postagem: Denison Duarte, em 02-08-2013 04:44 | Última modificação: 02-08-2013 04:44
Educandário Menino Jesus

Mais de 45 mil agricultores e criadores do Piauí já contrataram empréstimos junto ao Banco do Nordeste (BNB), por meio do Fundo Constitucional de Financiamentos do Nordeste (FNE), que garante crédito a juros subsidiados aos que trabalham na região atingida pela seca.

Segundo números do banco, até o mês de junho haviam sido contratados empréstimos no valor de R$ 285,2 milhões, uma média de R$ 6,33 mil por operação. Foram atendidas pessoas de 191 municípios do Piauí.

Através do FNE, o governo garante crédito de investimento, capital de giro e custeio agrícola e pecuário para produtores rurais, comerciantes, prestadores de serviços, empresas agroindustriais e industriais prejudicados pela seca na área de atuação da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

O limite de crédito varia de R$ 2,5 mil a R$ 100 mil, com juros de 1% a 3,5% ao ano. Estão sendo beneficiados os empreendimentos localizados em municípios com decretos de situação de emergência ou estado de calamidade pública reconhecidos pela Secretaria Nacional de Defesa Civil, a partir de 1º de dezembro de 2011. A Linha Emergencial de Crédito já disponibilizou R$ 2,4 bilhões.

Para o governador Wilson Martins, o crédito fácil e desburocratizado oferecido pelo governo, sobretudo na região do Semiárido piauiense, tem sido uma arma importante no combate aos efeitos da seca. “Com o dinheiro, o homem do campo, do agricultor ao empresário, passa a contar com meios para a sobrevivência de seus negócios”, explica.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE