11:58 am - terça-feira novembro 21, 2017

Estelionatários são presos após sacarem R$ 14 mil

Edição e postagem: Denison Duarte, em 11-04-2014 00:00 | Última modificação: 11-04-2014 00:02
Estelionatários são presos após sacarem R$ 14 mil

Hospital de Olhos

A 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Parnaíba, sob coordenação do delegado Rodrigo Moreira, desarticulou uma quadrilha que praticava crimes e que atuava nos municípios de Cocal da Estação, Cocal dos Alves no Piauí; em Viçosa do Ceará e no Distrito Federal em Brasília.

O bando é acusado de crimes como estelionato, falsificação de documento público, uso de documento falso, falsidade ideológica, formação de quadrilha ou bando e receptação. Equipes de investigação da Delegacia Regional, de Cocal e Buriti dos Lopes iniciaram as diligências no dia 29 de março; mas desarticularam a quadrilha na terça-feira (08/04) após deflagrar a operação “Outra Face”.

Carteira de Identidade falsa

O bando foi pegue após fazer o saque de R$ 14 mil em uma agência do Bradesco na cidade de Cocal dos Alves. Segundo o delegado João Valério de Moura Júnior, o bando estava sendo monitorado se o saque seria em Parnaíba.  Os criminosos se utilizavam de documentos com informações verdadeiras, mas fotografias diferentes, falsificação de outros documentos e faziam empréstimos. Em seguida, se utilizavam de um “laranja” para fazer o saque e dividiam o dinheiro.

Delegado João Valério de Moura Júnior

Documentação falsa

Foram presos Antônio Vieira de Oliveira; Francisco das Chagas Ramos da Cunha, conhecido “Chicão”; Aldair José Castro, conhecido “Zé Buraco” e Eudes Humberto Maia dos Santos. A polícia ainda apreendeu um carro Cross Fox branco de placas OKZ 6981 Barra do Choca (BA), que foi roubado em Brasília. O delegado João Valério afirmou que deve haver importante participação de representantes das agências bancárias no esquema de estelionato.

Antônio Vieira de Oliveira

Aldair José Costa

Eudes Humberto Maia dos Santos

Carro roubado

Fonte: Proparnaíba