Menu...

18 de Janeiro de 2018

Professores da UFPI rejeitam nova proposta de reajuste salarial sugerida pelo Governo Federal


Hospital de Olhos

Os docentes da Universidade Federal do Piauí (UFPI) decidiram durante assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (27), na Associação dos Docentes Federais do Piauí (ADUFPI), por rejeitar a proposta de reajuste salarial feita pelo Governo Federal na última quarta-feira (18).

Segundo o professor Alexis Leite, diretor de Relações Sindicais da ADUFPI, não existe possibilidade de acordo com o governo quanto à proposta feita.

“Eles mantiveram a mesma proposta de quando estávamos em greve, que era o reajuste de 10% em quatro anos Deram apenas uma maquiada nela. Agora eles propõem 10,8%, dividido em duas parcelas, 5,5% em agosto de 2016 e 5% em janeiro de 2017, e um ajuste irrisório de alguns benefícios. E nós não vamos aceitar isso.”, afirma.

Análise

A decisão da ADUFPI de não aceitar a proposta do governo será apresentada agora ao Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior – ANDES SN neste final de semana, de 28 e 29 de novembro, durante a reunião do Setor das Instituições Federais de Ensino – Ifes, em Brasília (DF), na qual o resultado das assembleias locais será analisado, para então ser apresentado ao Governo Federal. Os professores Alexis Leite e Mairton Celestino viajam ainda na tarde de hoje, para representar a ADUSFPI na reunião do Ifes.

Nova assembleia

Na oportunidade ficou acertada também uma nova assembleia na ADUFPI, no dia 03 de dezembro, para que seja feita uma avaliação política e de custos da greve dos docentes federais do Piauí realizada esse ano, além de definir critérios para escolha de delegados para participar de congressos e assembleias do ANDES SN.

índice

Texto e foto: Karla Danielle

Postagem: Denison Duarte

Tags:

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE