7:24 am - segunda-feira novembro 20, 2017

Bando rende por 10h família de gerente, rouba cofre e foge com reféns

Edição e postagem: Leomar Duarte, em 03-06-2014 13:57 | Última modificação: 03-06-2014 13:57
Bando rende por 10h família de gerente, rouba cofre e foge com reféns

Hospital de Olhos

A mulher e uma filha do gerente do Banco do Brasil da cidade de Água Branca, Sul do Piauí, e mais dois vizinhos foram levados reféns por uma quadrilha que roubou por volta das 7h desta terça-feira (3) cerca de R$ 600 mil que estava no cofre da agência. Segundo o delegado Jetan Pinheiro, a quadrilha rendeu as vítimas ainda na noite de segunda-feira (2) e obrigou o gerente a levá-los até o banco nesta manhã. A família e os vizinhos chegaram a passar quase 10 horas em poder dos criminosos e a polícia ainda não sabe o paradeiro do bando.

“Eles chegaram à noite e pediram para uma vizinha da família bater na porta. O gerente abriu porque viu que era uma pessoa conhecida, mas logo foi rendido pelo bando. Esta vizinha também foi feita refém. Eles ficaram durante toda a noite com as vítimas e só pela manhã foram ao banco e lá também renderam o vigilante”, contou o delegado.

À polícia o gerente revelou que os criminosos chegaram a falar que há mais de um mês estavam na cidade fazendo um levantamento para praticar o roubo. A quadrilha tem aproximadamente seis homens. “Eles articularam tudo. Sabiam a hora que o tesoureiro chegava e assim tiveram acesso ao cofre e levaram tudo. Para sair da casa do gerente eles usaram o carro da vítima e para fugir da agência com os reféns roubaram o veículo do segurança que ficava estacionado fora da agência”, relatou ainda Jetan Pinheiro.

Testemunhas relataram para a polícia que chegaram a ver pessoas em dois veículos em atitude suspeita, um modelo Hilux e o outro Honda Civic.

Policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), Força Tática, Batalhão de Rondas Ostensivas de Natureza Especial, além de policiais militares, foram acionados para ajudar na operação e captura do bando. A Polícia Rodoviária Federal também foi comunicada do fato e montou barreiras para tentar identificar o bando. Um helicóptero da PM está sendo utilizado nas buscas.

“Temos a orientação para agir com cautela porque eles ainda estão com os reféns. O gerente está muito abalado e nervoso porque os criminosos estão com a sua mulher, uma filha e mais dois vizinhos. Os criminosos disseram que ligariam após liberar os reféns, mas até agora nada”, disse o delegado.

A agência bancária permanece fechada e um aviso foi colocado na porta alertando os clientes que o expediente foi suspenso.

Fonte: G1 Piauí