6:35 am - sábado novembro 18, 2017

Banco do Nordeste, em reunião com assentados, aponta saída para amortização de dívidas

Edição e postagem: Denison Duarte, em 30-05-2013 16:51 | Última modificação: 26-12-2016 11:10
Hospital de Olhos

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Agência de Água Branca(PI), em reunião com presidentes dos assentamentos de Amarante(PI), discutiu a inadimplência dos assentamentos e também os termos de adesão presentes nas Leis 12.249/10 e 12.716/10, que tratam da renegociação das dívidas contraídas pelos assentados do município na instituição. A reunião aconteceu na tarde de ontem (30), na sede do BNB.

Voltada para agricultores que já acessaram a linha de investimentos do Pronaf “A”, a reunião contou com a participação do gerente de negócios do Pronaf, Marcelo Falcão. Ele frisou que “o banco empresta, mas precisa receber”, referindo-se ao extremo atingido nos débitos adquiridos pelos assentados. Nesse estágio, segundo ele, “o banco precisa buscar alternativas”.

Durante a reunião, a exemplo de Amarante, Falcão citou diversos municípios piauienses que, em situação crítica, “terão ampliadas as fiscalizações, a partir da criação de uma força tarefa, cuja atuação terá início em Amarante”.

O BNB anunciou também a possibilidade de descontos de até 75%, atualizados com encargos de normalidade. Marcelo Falcão afirma que, “vista a impossibilidade de quitação do débito, o proponente tem à disposição a Lei 12.716/10, que trata da prorrogação desse débito por mais dez anos, atualizado por encargos de normalidade e sem cobrança judicial”.

Na ocasião, o banco anunciou como proposta aos assentados a criação de um título de capitalização para depósitos do cliente sem possibilidades de saque antes do período do resgate do valor, visando a amortização de dívidas.

À frente da reunião estavam o agente de Desenvolvimento do BNB, Francisco das Chagas; e o gerente de Agência do BNB, Milton Higino.

De Amarante participaram os presidentes dos assentamentos Mimbó, Ararinha, Arara, Ponta da Várzea, Vila Feliz, Santa Helena, Chapada dos Marcos e Flor de Maio. Do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), de Amarante, estiveram presentes o secretário geral, Leomar Duarte; e o secretário de Políticas Agrícolas e Agrárias, Luis Viana”.