3:13 pm - segunda-feira novembro 20, 2017

Advogado do PT pede gravação após decisão do TCE

Edição e postagem: Leomar Duarte, em 17-07-2014 14:43 | Última modificação: 17-07-2014 14:43
Advogado do PT pede gravação após decisão do TCE

Hospital de Olhos

Conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) decidiram na manhã desta quinta-feira (17) manter a liminar que anulou a nomeação de 60 agentes de Polícia Civil, escrivães, agentes penitenciários e contratações 680 cargos em comissão após governo  ultrapassar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Logo após a decisão o advogado Daniel Oliveira da coligação “A Vitória com a Força do Povo”, que tem como candidato ao governo, o senador Welington Dias (PT), solicitou a gravação da sessão.

Alguns conselheiros ficaram surpresos com o pedido, Kennedy Barros chegou a afirmar que a decisão tomada era administrativa e que queria saber por que ele precisava dela. Segundo o advogado, a gravação era meramente para “estudo”. A gravação foi cedida para a coligação.

Sessão

Na sessão, houve uma discussão sobre a situação financeira do estado, que agora tem que fazer ajustes para conseguir se adequar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Segundo o conselheiro Kennedy Barros, o estado mesmo tendo sido alertado, desde o ano passado, que estava próximo de ultrapassar o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal continuou fazendo contratações.

Ele ainda criticou o fato do Estado ter sido notificado para apresentar as medidas que pretendia tomar e que nenhuma das soluções apresentadas realmente solucionaria o problema.

Fonte: GP1