3:32 pm - sábado novembro 18, 2017

Jorge Zelada e mais cinco são indiciados pela Polícia Federal na operação Lava Jato

Edição e postagem: Denison Duarte, em 02-08-2015 10:36 | Última modificação: 02-08-2015 10:37
Hospital de Olhos

A Polícia Federal indiciou neste sábado (1) o ex-diretor da Petrobras Jorge Zelada e mais cinco pessoas na Operação Lava Jato.

Jorge Zelada foi indiciado por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Ele está preso há um mês. Foi diretor da área internacional da Petrobras entre 2008 e 2012. Segundo a polícia, ele recebeu propina em contrato de aluguel de um navio-sonda.

A empresa fornecedora do navio-sonda era representada, aqui no Brasil, pelo empresário Hamylton Padilha. Ele também foi indiciado pela Polícia Federal e fechou acordo de delação premiada. No depoimento, Hamylton Padilha deu detalhes do pagamento de propina ao ex-diretor.

Padilha disse que foram pagos quase US$ 5 milhões em propina. O dinheiro, segundo ele, percorreu um intrincado caminho entre contas bancárias em vários países até chegar ao então diretor Jorge Zelada. A polícia descobriu que Zelada mantinha contas secretas no exterior, com mais de 10 milhões de euros.
Os advogados de Hamylton Padilha e de Jorge Zelada não quiseram se manifestar.
1438452274409
Fonte: Jornal Nacional