1:13 pm - quarta-feira outubro 1, 2014

PRESENÇA, mais um belo poema de Naeno Rocha

Publicado em 10-12-2013 19:54

PRESENÇA, mais um belo poema de Naeno Rocha

PRESENÇA, mais um belo poema de Naeno Rocha

PRESENÇA

É imperioso que se complete a saudade.
A ansiedade de perder e deixar
Ainda é uma esperança para o que ansiamos
Se somos aliados do amor e dele nos nutrimos
Num frêmito negrume do teu olhar enciumado.
E temos tudo que possa chamar a saudade sentimental
E não arda tanto, não mexa nosso coração.
A saudade é uma espera aberta
Que nos ama e ama a outrem
E dorme, e acorda, e vai, e vem, conosco.
Se por acaso o amor que sentimos
For da mesma verdade de que amamos
A saudade fica como em desuso
Sem sentido.
E convém não deixarmos de lhe vigiar.
Existe o amor volátil que a gravidade imática
Que fixa no ponto do centro
Que nem a lua em mesmo o sol podem precisar.
O amor vaga além dos limites da terra e do vazio
Acima das nuvens de claras de ovo
E quando ele aporta, foi por esta desventura
De permanecer fora
Mais que o tempo disfarça.

(Naeno Rocha)

Compartilhe: These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • MisterWong
  • Y!GG
  • Webnews
  • Digg
  • del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • MySpace

Comentário pelo Facebook