4:56 am - domingo novembro 19, 2017

Tecladista é sepultado sob forte comoção em Francisco Ayres após trágico acidente de moto

Edição e postagem: Denison Duarte, em 05-12-2016 13:46 | Última modificação: 05-12-2016 17:22
Tecladista é sepultado sob forte comoção em Francisco Ayres após trágico acidente de moto

(Foto: 180graus)

Hospital de Olhos

A colisão frontal de uma moto Bros com um veículo do tipo Classic na barra da Almesca, em Francisco Ayres, provocou a morte do tecladista da Banda C, Claudemir Silva, 38 anos, por volta de meio-dia deste domingo (4).

A moto estava sendo pilotada por Mauro Gabriel, que era o dono do veículo e sobrinho da vítima. Ele foi encaminhado para o hospital Tibério Nunes.

O proprietário da banda C, Cláudio Silva, que era irmão da vítima, disse ao Somos Notícia que a colisão provocou a morte imediata do tecladista.

“Ele saiu para a Barra da Almesca na garupa da moto. Com a colisão, ele morreu na hora. Os dois bateram de frente. Meu irmão teve traumatismo craniano e botou muito sangue”, disse Cláudio Silva.

Claudemir Silva, tocava teclados na banda desde a sua fundação, há aproximadamente 15 anos, quando a Banda C ainda tinha o nome de ‘Força Jovem’.

Em relação a agenda de shows, a banda passa por situações difíceis após o ocorrido, segundo o proprietário.

“A gente já estava muito bem introsado. É difícil também por se tratar de um ente querido. Por outro lado, a banda dependia muito dele”, completa.

Cláudio Silva, que perdeu também uma filha recentemente, reforça que o contrato do próximo sábado foi cancelado, pois será o sétimo dia da morte do músico.

O velório aconteceu com a presença de amigos e parentes no município onde morava o músico.
Claudemir foi sepultado por volta das 8h30 desta segunda-feira (5) com clamor e tristeza de familiares, amigos e parentes.

 

Tecladista da Banda C, em trágico acidente
acidente-francisco-ayres-interna-2

acidente-francisco-ayres-interna