2:00 pm - sábado novembro 18, 2017

Casal de evangélicos deixa Manaus para mudar a vida de moradores em São Francisco do Maranhão

Edição e postagem: Denison Duarte, em 01-03-2017 10:50 | Última modificação: 01-03-2017 13:05
Hospital de Olhos

CASAL DE EVANGÉLICOS – Um trabalho de evangelização de comunidades iniciado em 2008 tem transformado a vida dos moradores das localidades Três Furos, Sião e Almas, na zona rural de São Francisco do Maranhão.

Pastor Cabral e a esposa Paula Almeida são de Manaus, no Amazonas. Ambos se integraram à vida interiorana em meio aos desafios da pobreza local para se dedicarem à formação espiritual dos moradores da região – que se tornou o objeto de missão do casal.

Os dois, numa vida de dedicação aos humildes das localidades, já realizaram casamentos comunitários e também comemoram em comunidade os aniversários dos moradores da região, onde quase nenhum sabia a data do próprio nascimento.

“Nós iniciamos o nosso trabalho aqui desde que o Senhor nos trouxe em 2008 para essa região onde ninguém queria vir, onde não havia nenhum evangélico. O acesso a essas localidades é muito dispendioso. Os carros e caminhões facilmente quebram ou atolam em tempos de chuvas, mas o Senhor disse: ide e pregai, pois aqui estamos”, disse o pastor.

Evangélicos da congregação Ministério Casa de Oração, Pastor Cabral e Paula Almeida já estão com um templo na comunidade Sião, um em construção na comunidade Almas e outro com projeto iniciado para a localidade Três furos.

Atualmente a congregação, que cresce com a chegada de novos integrantes de localidades vizinhas, possui 80 membros. “Depois que chegamos aqui as pessoas já passaram a pensar diferente, elas já agem diferente. O Evangelho tem crescido. Já temos uma congregação em Sião, estamos construindo uma em Almas e depois outra em Três Furos”, disse ele.

Além do trabalho de evangelização, as pregações acontecem também sob forma de ações assistenciais e com encontros festivos entre os moradores. “Tivemos que verificar a data de nascimento de todos nas Certidões de Nascimento. Aqui, as pessoas não se davam em casamento, nem no religioso e nem no Civil. Recentemente fizemos um casamento comunitário com sete casais. O que nos deixa felizes, é ver a satisfação de cada um deles”, disse Paula Almeida, reconhecendo que a ação é parte da missão iniciada em 2008.

“A proposta dos casamentos e festas comunitárias de aniversários foi feita pela Igreja, e nenhum deles se esquivou. Fazemos decorações sem pedir nada da pessoa, tudo é feito por amor à obra. A gente vê a alegria no olhar da mulher, do homem, da família. Vemos também a mudança na vida cotidiana deles “, completa Paula Almeida.

A fartura na lavoura é outro acontecimento marcante todos os anos para os moradores, assim como para o casal. Segundo ele, a prosperidade advém das orações e da festa da colheita que acontece anualmente.

“A gente mata um boi e faz um jantar na festa da colheita para aproximadamente 500 pessoas, e é tudo de graça. Nessa festa pedimos que todos tragam uma amostra do que foi semeado. A gente faz orações para a prosperidade da próxima colheita. Geralmente em vários lugares as pessoas perdem quase tudo, mas aqui, todo ano nós temos uma boa colheita”, disse o casal.

A região que compreende as três localidades fica a aproximadamente 3h da zona urbana de São Francisco do Maranhão. O acesso é feito via Palmeirais com travessia no pontão da comunidade Penedo.

Festa de aniversário na comunidade Três Furos com a participação do casal de evangélicos

(Fotos: Denison Duarte)
criança com hidrocefalia são francisco do maranhão