3:09 pm - segunda-feira novembro 20, 2017

Quadrilhas e o Boi Precioso de Timon marcaram o I Festival de Folguedos de São Francisco do MA

Edição e postagem: Denison Duarte, em 09-07-2017 14:47 | Última modificação: 10-07-2017 10:51
Quadrilhas e o Boi Precioso de Timon marcaram o I Festival de Folguedos de São Francisco do MA

Foto: Denison Duarte

Hospital de Olhos

BOI PRECIOSO – A quadrilha junina de Parnarama, Cadê os Zome, foi escolhida pelos jurados como a que mais se destacou no I Festival de Folguedos de São Francisco do Maranhão, na noite deste sábado (8).

Os membros da campeã receberam do prefeito Adelbarto Santos a premiação de R$ 1 mil. O prêmio de segundo lugar, R$ 300,00, foi entregue à quadrilha Paixão Nordestina – de Palmeirais; a regenerense, Flor Caipira, levou o prêmio de R$ 200,00 como a terceira melhor quadrilha da noite.

O festival, apresentado por DJ Tuta e Patrícia Drummond, foi realizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Assistência Social, Habitacional e Cultural, Helainne Wiselle.

Fizeram parte do corpo de jurados Patrícia Drummond, Cilene Barbosa, Ravena, Vítor Leone e Luana Louise.

A primeira apresentação foi da quadrilha Luar do Cerrado – de Amarante, seguida da Flor Du Mandacaru – de São Francisco do Maranhão, Cadê os Zome – de Parnarama, Paixão Nordestina – de Palmeirais, e Flor Caipira – de Regeneração.

O Bumba Meu Boi Precioso, de Timon, no Maranhão, foi a grande atração da arena de apresentações da noite. Há dez anos em plena atividade, o Precioso foi criado por Delijane Pimentel com o objetivo de manter vivos os traços culturais da região.

Outro momento esperado foi a apresentação da quadrilha da Casa, Flor Du Mandacaru, que completa em 2017, vinte anos de tradição cultural em São Francisco do Maranhão.

A secretária de Assistência Social, Habitacional e Cultural – Helainne Wisele, assegura que culturalmente o município está no caminho certo. “Não restam dúvidas de que é dessa forma, valorizando nossas manifestações, que nós definimos a identidade cultural do nosso povo. Estão todos de parabéns, de modo específico a nossa coordenação de cultura, que participou fervorosamente para a realização do nosso evento.”

Para o prefeito Adelbarto Santos, as manifestações culturais, a exemplo do Boi Precioso, engrandeceram a festa. Ele agradece ao público e aos organizadores da festa pela dedicação.

“Queremos agradecer ao público, a todas as quadrilhas e ao pessoal de Timon que atendeu ao nosso convite e que engrandeceu muito a nossa festa. O evento superou nossas expectativas. A gente sabe que só foi possível realizá-lo graças ao trabalho da nossa equipe”, disse o prefeito.

Ele considera que o objetivo para o mês de julho este ano, como um mês de festividades, foi alcançado. “A nossa ideia é essa: criar no mês de julho esse ambiente favorável para que a cultura possa se desenvolver. Que este mês de julho seja festivo e que possa trazer renda para a nossa cidade e que as pessoas possam levar uma boa impressão da nossa cidade.”

Quadrilhas e o Boi Precioso, de Timon | Fotos: Denison Duarte

O Bumba Meu Boi, de Timon (Fotos abaixo) animou o público franciscoense com manifestações de valorização à cultura maranhense. Ao final das apresentações, quem estava no Festival entrou na dança com o Boi Precioso. Veja fotos abaixo: