11:51 am - sábado novembro 18, 2017

Wellington se alia a oposição para eleger Dilma presidente

Edição e postagem: Leomar Duarte, em 12-10-2014 20:07 | Última modificação: 12-10-2014 20:08
Wellington se alia a oposição para eleger Dilma presidente

Hospital de Olhos

O PMDB, que tinha o governador Zé Filho como candidato à reeleição, contrário ao senador Wellington Dias (PT), que foi eleito governador, já sinalizou e se articulou para apoiar a campanha de Dilma Rousseff (PT) à reeleição. A costura para reaproximação está sendo feita pelo próprio governador eleito. Nesta conversa deve envolver ainda a eleição para a presidência da Assembleia Legislativa e a vaga no Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI), deixada pela aposentadoria compulsória do conselheiro Anfrísio Lobão Castelo Branco.

O governador Zé Filho rompeu politicamente com Dilma e apoiou publicamente o presidenciável tucano Aécio Neves, alegando os maus tratos do Governo Federal ao Piauí. Ele alegou que o PT chegou a barrar investimentos e liberações de recursos para o Estado, por conta do período eleitoral. O PMDB realizou eventos com Aécio no Piauí, agora se volta para Dilma sobre o pretexto de que o PMDB tem o vice-presidente da República.

São aspectos diferentes que estão sendo observados. Wellington Dias precisa de maioria para governar o Estado, mas precisa ainda mais de apoio político para ajudar a reeleger Dilma. Boa parte do PMDB estava apoiando a campanha de Aécio Neves no primeiro turno.

Dentro das negociações para apoio ao governador Wellington Dias, o atual líder do Governo na Assembléia Legislativa, deputado João Madison Nogueira (PMDB), defende a candidatura do PMDB para a presidência da Casa e o nome de um deputado para o TCE-PI. E disse que o PMDB ainda não se posicionou oficialmente sobre apoio político.

“Eu ainda não conversei com o partido. Mas acho que ele tem uma boa amizade com os parlamentares, vem fazendo um trabalho excepcional”, declarou o deputado, defendendo o nome de Themístocles Filho para continuar presidindo o Legislativo Estadual.

Quanto à vaga de conselheiro do TCE-PI, João Madison afirmou que os deputados deverão se mobilizar para que a vaga seja ocupada por um parlamentar e não por um técnico, como vem sendo defendido por membros do tribunal.

Dentro da proposta para eleger Dilma presidente novamente, o PT busca o PMDB local para se aliar na campanha, já que o candidato a vice de Dilma é o presidente nacional do PMDB, Michel Temer. Wellington Dias busca apoio de partidos que estavam na oposição a ele como o PCdoB e o PSD, que nacionalmente também apoiaram Dilma no primeiro turno.

Michel Temer terá agenda para reforça campanha no Piauí

Para manter o percentual dos votos no Nordeste, o vice-presidente da República e candidato a reeleição, Michel Temer (PMDB), vai percorrer os estados nordestinos para reforçar a campanha da presidente Dilma Rousseff (PT).

Segundo informações dos peemedebistas do Piauí, Michel Temer na próxima semana deve estar fazendo campanha no Estado. A expectativa é aumentar ainda mais os 70,61% dos votos que a presidente Dilma teve no Piauí.

O governador eleito Wellington Dias tem a intenção de fortalecer a campanha de Dilma no Estado. A presidente Dilma esteve nesta semana no Piauí e fez campanha pelo Nordeste, agora o PMDB mobiliza a sua principal estrela para reforçar este trabalho iniciado pelo PT.

Fonte: Portal AZ