6:57 pm - segunda-feira novembro 20, 2017

Usuário do Google Glass é expulso de restaurante

Edição e postagem: Leomar Duarte, em 29-11-2013 14:58 | Última modificação: 29-11-2013 16:52
Usuário do Google Glass é expulso de restaurante

Hospital de Olhos

Um usuário do Google Glass, óculos de realidade aumentada do Google, foi expulso de um restaurante em Seattle, nos Estados Unidos, com a alegação de que o aparelho, que tem câmera embutida, possa “atrapalhar a privacidade dos usuários”.

Nick Starr, engenheiro de rede, é um dos desenvolvedores que já tem o aparelho, que ainda não está à venda para o público. Ele afirma em mensagem publicada no Facebook (clique aqui para acessar) que foi comer em um restaurante na cidade usando o dispositivo como fez outras vezes no mesmo local. Mas nesta última vez, pediram para ele retirar o aparelho.

Ao ser solicitado, Starr exigiu ver algum documento que proibisse o uso do Glass no estabelecimento, mas ao não ser atendido pelo garçom, que continuou exigindo a retirada do aparelho, obrigando o engenheiro a ir embora. “Eu adoraria uma explicação, uma desculpa e um esclarecimento”, disse Starr em sua página no Facebook.

O restaurante que Starr foi, o Lost Lake, tem como dono David Meinert que, em março, baniu o Glass em outro de seus estabelecimentos em Seattle, o 5 Point Cafe. Meinert disse à “Forbes” que pediu aos funcionários do Lost Lake que pedissem que clientes com o Glass não usassem o dispositivo no restaurante.

“A questão é privacidade”, disse. “Uma coisa é você tirar uma foto com uma câmera no restaurante. Todos podem ver você fazendo isso. Com o Glass não há como saber se uma pessoa foi fotografada. Queremos que nossos consumidores se sintam confortáveis e não se sintam vigiados”.