10:57 pm - sexta-feira novembro 17, 2017

Dilma inicia campanha do segundo turno visitando Teresina

Edição e postagem: Leomar Duarte, em 08-10-2014 17:31 | Última modificação: 08-10-2014 17:31
Dilma inicia campanha do segundo turno visitando Teresina

Hospital de Olhos

Após receber mais de mais de 1,2 milhão de votos no Piauí, a presidente Dilma Rousseff (PT) irá iniciar a campanha do segundo turno visitando o Estado nesta quarta-feira (8). Dilma Rousseff deve desembarcar no Aeroporto Petrônio Portella, zona Norte de Teresina, por volta das 16h de hoje, onde seguirá para o Centro de Convenções do Atlantic City Eventos.

Ontem (7), a candidata à reeleição recebeu os senadores piauienses Wellington Dias (PT), João Vicente Claudino (PTB), Ciro Nogueira (PP) e o senador eleito, Elmano Ferrer (PTB), no edifício Brasil XXI, Centro de Brasília (DF), onde ela confirmou a agenda em Teresina. Ainda nesta semana, a presidente continua a campanha nas capitais: João Pessoa (PB), Salvador (BA), Maceió (AL) e Aracaju (SE).

O objetivo da petista é não só manter os votos conquistados no primeiro turno na região nordestina, como tentar ampliá-los, incorporando a maior parte possível dos eleitores da candidata do PSB, Marina Silva, já derrotada. As eleições para o segundo turno acontecem no próximo dia 26 de outubro, onde Dilma Rousseff disputa a vaga da presidência da República com o ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB).

Oposição
Durante a visita de Dilma Rousseff ao Piauí, membros do PSDB farão um ‘bandeiraço’ na Avenida Raul Lopes, com concentração em frente ao Eurobussines. Será o primeiro ato da campanha presidencial do partido na capital.

“O segundo turno será apertado”, disse o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), um dos apoiadores de Aécio no Piauí. O governador Zé Filho (PMDB) confirmou que vai apoiar a candidatura do tucano para presidente.

O PSB do Piauí, presidido pelo ex-governador Wilson Martins, também já declarou apoio a campanha de Aécio Neves. Wilson confirmou ainda a reunião da executiva nacional, em Brasília, para a confirmação do apoio político ao tucano.

Fonte:donodanoticia