10:09 am - terça-feira novembro 21, 2017

Papa celebra missa por egípcios decapitados pelo EI

Edição e postagem: Denison Duarte, em 18-02-2015 09:33 | Última modificação: 18-02-2015 09:33
Papa celebra missa por egípcios decapitados pelo EI

Hospital de Olhos

O papa também pediu o fim dos “empresários da morte”, como chamou aqueles que vendem armas, permitindo que as guerras continuem

Foto: Riccardo De Luca / AP

O papa Francisco realizou nesta terça-feira (17) uma missa pelos 21 egípcios coptas decapitados pelo Estado Islâmico.

“Rezamos por eles, que o Senhor os receba como mártires, por suas famílias, por meu irmão Tawadros, que sofre tanto”, disse o religioso.

O pontífice telefonou nessa segunda-feira (16) ao patriarca da Igreja Ortodoxa Copta, Tawadros II de Alexandria, para manifestar sua indignação com as execuções.

O EI divulgou no domingo (15) um vídeo mostrando a decapitação dos cristãos egípcios sequestrados na Líbia. Em resposta, o governo do Egito iniciou um bombardeio contra alvos dos extremistas. 

Em missa realizada na Casa de Santa Marta, Francisco ainda pediu o fim dos “empresários da morte”, como chamou aqueles que vendem armas, permitindo que as guerras continuem.

Denison Duarte – Amarante (PI)