6:34 am - domingo novembro 19, 2017

Menino de 6 anos é sequestrado pela família para ‘aprender a não falar com estranhos’

Edição e postagem: Denison Duarte, em 06-02-2015 12:44 | Última modificação: 06-02-2015 12:44
Menino de 6 anos é sequestrado pela família para ‘aprender a não falar com estranhos’

Hospital de Olhos

Um menino de 6 anos foi sequestrado durante quatro horas no estado americano do Missouri em uma trama organizada pela mãe, a avó, uma tia e um amigo dela. A iniciativa era “ensinar o garoto a não falar com estranhos”, já que ele supostamente era muito simpático com pessoas que não conhecia. As acusadas foram presas e indiciadas pela lição.

Segundo o gabinete xerife do condado de Lincoln, o garoto foi convencido pelo amigo da tia, Nathan Wynn Firoved, a subir numa caminhonete e pegar carona. Ele então foi amarrado e ameaçado por ela, que diria que ele seria espancado se ficasse chorando. O menino foi então levado para o porão de casa, onde teve o rosto vendado e sua tia tirou suas roupas. O amigo disse que ele nunca mais veria sua mãe e viraria um escravo sexual.

Ainda vendado, o garoto foi levado pelo falso agressor embora do sótão. Segundo o gabinete, foi desamarrado e então recebido pela mãe, a avó e tia, que deram a ele “uma lição sobre os perigos de conversar com estranhos”. Eles alegaram que o pequeno era muito simpático com estranhos, e todos concordaram com a ideia de uma “terapia de choque”.

O menino relatou o incidente a funcionários da escola onde estuda, em Troy (a nordeste de St. Louis), que então acionaram a polícia. Foram detidos e indiciados por sequestro, negligência e cativeiro, além do amigo, a mãe, Elizabeth Hupp, de 25 anos; a avó, Rose Brewer, de 58; e a tia, Denise Kroutil.

Após o incidente, o menino foi posto em proteção especial.

Fonte: O Globo

Denison Duarte – Amarante (PI)