3:21 pm - sábado novembro 18, 2017

Malásia confirma que destroços de avião são do voo MH370

Edição e postagem: Denison Duarte, em 05-08-2015 15:57 | Última modificação: 05-08-2015 15:57
Hospital de Olhos

“A equipe internacional de especialistas concluiu que os destroços encontrados na ilha de Reunião [perto da costa da África] são realmente do MH370”, disse Najib em uma declaração televisionada.

O voo MH370 da Malaysia Airlines desapareceu em março do ano passado quando se direcionava para Pequim, na China, após decolar de Kuala Lumpur com 239 passageiros e tripulantes a bordo.

O anúncio do premiê malaio foi feito após a análise dos destroços ter sido feita nesta quarta em um laboratório militar de Balma, nos arredores de Toulouse, sudoeste da França.

A análise foi feita na presença de representantes franceses, malaios, chineses e americanos, já que a aeronave pertencia a uma empresa malaia (Malaysia Airlines), o construtor (Boeing) era americano, a maioria dos passageiros (153) eram chineses e a Justiça francesa assumiu o caso por causa da presença de quatro pessoas desta nacionalidade a bordo do avião desaparecido.

Desde sua descoberta em uma praia da ilha do oceano Índico há uma semana, o fragmento de dois metros da asa, chamado flaperon, “foi identificado oficialmente como um pedaço de Boeing 777”, explicou no domingo o ministro malaio dos Transportes.

O fragmento carrega a inscrição “657BB” que, segundo vários especialistas, indica que se trata de um flaperon de B777.

via – Folha de S.Paulo