1:21 am - quarta-feira novembro 22, 2017

Mais de 200 civis sul-sudaneses se afogam em fuga de barco de combates

Edição e postagem: Denison Duarte, em 14-01-2014 09:16 | Última modificação: 14-01-2014 09:16
Hospital de Olhos

Os combates, provocados pela rivalidade entre o presidente Salva Kiir e seu ex-vice-presidente Riek Machar, destituído em julho e agora líder dos rebeldes, já deixaram mais de mil mortos

Juba – Mais de 200 civis que fugiam dos combates no Sudão do Sul se afogaram nesta terça-feira quando o barco no qual viajavam afundou, indicou Philip Aguer, um porta-voz do exército.

“Há entre 200 e 300 pessoas (afogadas), incluindo mulheres e crianças. O barco estava sobrecarregado”, declarou o porta-voz militar Philip Aguer. “Todos se afogaram. Estavam fugindo dos novos confrontos em Malakal”, a capital do estado petroleiro do Alto Nilo, acrescentou. Em Malakal, assim como em outros pontos do país, os rebeldes estão realizando um ataque para tentar tomar a cidade.

“Há combates dentro e nos arredores de Malakal”, declarou o chefe de operações humanitárias da ONU, Toby Lanzer, estimando que o número de refugiados na base da ONU na zona passou de 10.000 para 19.000 pessoas.

O exército indicou, por sua vez, que há intensos combates no sul de Bor, a capital do estado de Jonglei (leste), o centro dos confrontos desde meados de dezembro. O exército tenta retomar o controle da cidade, nas mãos dos rebeldes.

Fonte: Correio Braziliense

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE