10:24 am - terça-feira novembro 21, 2017

Sisu 2014 tem mais de 2 milhões de inscritos

Edição e postagem: Denison Duarte, em 08-01-2014 19:47 | Última modificação: 08-01-2014 19:47
Sisu 2014 tem mais de 2 milhões de inscritos

Hospital de Olhos

O MEC (Ministério da Educação) informou que o Sisu 2014 (Sistema de Seleção Unificado) registrava 2.004.110 de inscritos até as 18h desta quarta-feira (8). O número ultrapassa o total de candidatos registrados na primeira edição de 2013 do Sisu, quando foram 1.949.958 inscritos.

Os candidatos podem fazer a inscrição no Sisu 2014 até as 23h59 da sexta-feira (10).

O total de inscrições, até as 18h, era de 3.887.360 — cada candidato pode fazer até duas opções de curso.

A seleção é feita pela nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2013. O número de inscrições do Enem 2013 também bateu recorde: 7.173.574. No ano anterior foram 5.791.332 os candidatos confirmados no exame.

Classificação

Nesta quarta, o MEC liberou mais uma classificação parcial dos estudantes que fizeram suas opções de curso no Sisu. A consulta deve ser feita com o login do estudante, no site do sistema. Para ver a sua, clique aqui.

Ao longo do período de inscrições, a classificação parcial dos candidatos e a nota de corte serão divulgadas diariamente para consulta. O candidato pode testar se é possível ingressar na carreira pretendida a partir da nota de corte. Essa nota, porém, é apenas indicativa, calculada pela quantidade de vagas oferecidas e com a nota dos inscritos que optaram pelo curso naquele dia.

Estão disponíveis pelo sistema 171.401 vagas em 115 instituições públicas de educação superior. O Sisu seleciona estudantes com base nas notas obtidas no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Requisitos mínimos

Para concorrer a uma vaga, o candidato deve ter feito o Enem 2013 e não pode ter tirado zero na redação. O MEC não cobra taxa de inscrição no sistema.

O candidato poderá se inscrever em até duas opções de vaga — e precisa optar na inscrição se participará de algum tipo de política afirmativa (cotas) ou se está em “ampla concorrência” (sem bônus).

Durante o período de inscrição (até o dia 10 de janeiro), o interessado poderá alterar as opções de curso e também cancelar a participação no exame. A opção final é a que será considerada pelo sistema quando o prazo encerrar.