8:42 pm - terça-feira novembro 21, 2017

Idoso é atacado por pit bulls e policial mata um dos cães a tiros

Edição e postagem: Denison Duarte, em 09-01-2014 00:06 | Última modificação: 09-01-2014 00:08
Hospital de Olhos

Um homem de 72 anos ficou ferido após ser atacado por dois cães da raça pit bull, nesta quarta-feira (8), no bairro Monte Castelo, em Campo Grande. Segundo a Polícia Militar (PM), um policial que passava pelo local atirou nos cachorros para socorrer a vítima. Um animal morreu e outro ficou ferido.

O ataque ocorreu na esquina da avenida Mascarenhas de Moraes com rua Uruguaiana. O dono dos animais, Daniel Leonardo Lobo dos Santos, de 29 anos, disse que tem os cachorros desde filhotes, mas preferiu não se manifestar sobre o caso.

Conforme a PM, o idoso, uma mulher e duas crianças, sendo uma de colo, estavam em um ponto de ônibus quando dois cachorros se aproximaram.

Segundo o registro policial, os cães foram em direção a uma das crianças. A mãe a tirou da frente dos animais e um deles mordeu o saco de pipoca que o menino mais velho segurava.

Ainda de acordo com a PM, a mulher e os filhos subiram no banco do ponto de ônibus e, em seguida, os cachorros atacaram o idoso. Ele foi mordido na cabeça, braços e pernas e arrastado para a avenida Mascarenhas de Moraes, que é uma via de grande fluxo de veículos.

Um policial militar viu a situação e, para tirar os cães de cima do idoso, atirou. Motoristas que passavam pelo local tentaram atropelar os animais, de acordo com a PM.

Um dos tiros disparados pelo militar matou um cão. O outro pit bull foi atingido por dois disparos e encaminhado pelo próprio dono, conforme a polícia, para uma clínica particular.

Uma viatura da PM também passava pelo local no momento e ajudou na ocorrência. Conforme o registro policial, testemunhas aplaudiram a ação dos militares.

A vítima foi socorrida à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Coronel Antonino e já foi liberada. O caso foi registrado como lesão corporal culposa na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) e será investigado.

Segundo a PM, em 20 de agosto de 2012, os mesmos cachorros atacaram um idoso de 82 anos.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE