Fisco italiano notifica Maradona por dívida de R$ 115 milhões
3:54 am - quinta-feira setembro 21, 2017

Fisco italiano notifica Maradona por dívida de R$ 115 milhões

Edição e postagem: Denison Duarte, em 18-10-2013 15:05 | Última modificação: 18-10-2013 15:05
Educandário Menino Jesus

Empregados do fisco italiano notificaram o ex-jogador Diego Armando Maradona nesta sexta-feira por uma dívida no valor de 39 milhões de euros (R$ 115 milhões) por uma antiga causa pendente na Justiça por evasão fiscal.

De acordo com meios de comunicação na Itália, a Fazenda aproveitou a presença de Maradona no país para comunicar a dívida contraída com o governo italiano. A notificação teria sido feita na saída do hotel onde o argentino se hospedou em Milão antes de viajar à capital para assistir ao jogo entre Roma e Nápoli.

O governo italiano exige o pagamento dos 39 milhões de euros por não ter recebido o imposto de renda do jogador no final dos anos 1980, quando Maradona atuava pelo Nápoli. A dívida, em princípio, era de 13 milhões de liras, moeda existente à época na Itália, e foi corrigida com os juros desde então.

Maradona sempre argumentou que ele não se ocupava com assuntos fiscais e responsabilizou o então presidente do clube italiano, Corrado Ferlaino, e seu representante, Guillermo Coppola, por não terem resolvido a questão, além de não terem informado a situação ao jogador.

Na tentativa de recuperar a dívida, o governo italiano já confiscou há alguns anos um par de brincos que Maradona usava quando esteve no país em um centro de emagrecimento. A peça foi leiloada em 2010 por 25 mil euros. Em 2006, aproveitando outra visita do ex-jogador ao país, a Itália confiscou um relógio Rolex avaliado em 11 mil euros.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE