11:32 am - quarta-feira julho 26, 2017

Famílias de agricultores no Maranhão vão receber kits de irrigação

Edição e postagem: Denison Duarte, em 24-08-2013 12:15 | Última modificação: 24-08-2013 12:15
Educandário Menino Jesus

Kits de irrigação vão ser entregues nesta quinta-feira (22) a famílias de agricultores de 15 municípios do Maranhão. Ao todo, 300 kits vão ser repassados para auxiliar os pequenos produtores a impulsionar suas culturas de frutas e hortaliças. Cada família vai ter a possibilidade de irrigar uma párea de até 500 metros quadrados, utilizando pouca água. Em alguns casos, é dispensada, inclusive, a necessidade de bombeamento.
Os kits serão entregues no formato de Sistemas Simplificados de Irrigação – Modelo Agrovila, contendo aproximadamente 20 kits cada. A distribuição tem como objetivo viabilizar renda extra aos pequenos agricultores e melhorar a qualidade dos alimentos fornecidos à mesa dos consumidores.
Os municípios atendidos são Cantanhede, Colinas, Matões do Norte e Vargem Grande (pertencentes à bacia do Rio Itapecuru); Lago da Pedra, Marajá do Sena, Santa Inês, São Raimundo Doca Bezerra, Vitória do Mearim e Vitorino Freire (na bacia do Rio Mearim); e Água Doce, Anapurus, Brejo, Milagres e São Bernardo (na bacia do Parnaíba).

Treinamento
Os produtores vão receber um treinamento para aprender a utilizar o sistema de irrigação e os materiais e equipamentos estão identificados para facilitar a montagem e funcionamento do kit. Com isso, a Companhia busca aumentar as perspectivas de uso real do kit de irrigação como alternativa para a melhoria da renda das famílias de pequenos agricultores. A tecnologia dos kits de irrigação é de baixo custo e voltada para pequenas áreas de produção; nas culturas de ciclo curto, esta tecnologia traz rápido retorno ao produtor.

O governo do estado do Maranhão e as prefeituras municipais são parceiros da Codevasf na execução desta ação, que integra o eixo de inclusão produtiva do Plano Brasil sem Miséria, e utiliza recursos do programa Água para Todos – Segunda Água, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) do Ministério da Integração Nacional (MI).

Brasil sem Miséria

O Plano Brasil Sem Miséria é direcionado aos brasileiros que vivem em lares cuja renda familiar é de até R$ 70 por pessoa. O Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indica a existência de 16,2 milhões de brasileiros nesta situação. O Plano busca identificar famílias extremamente pobres que ainda não são amparadas por equipamentos e serviços sociais e incluí-las de forma integrada em diversos programas.
A promoção de acesso a água para consumo e para produção é outra ação do Plano Brasil Sem Miséria, executada no âmbito do programa Água para Todos, que é coordenado pelo Ministério da Integração Nacional. A meta é atender 750 mil famílias rurais com cisternas de consumo até 2014. Além disso, existem ações para ampliar o acesso de 600 mil famílias a água para produção e criação de animais por meio de barreiros, de sistemas simplificados, de sistemas de irrigação para pequenas propriedades e com a implantação e a recuperação de poços artesianos.
Dentre outras ações realizadas desde 2012, a Codevasf, uma das entidades executoras do Água para Todos, instalou mais de 60 mil cisternas para abastecimento de água nos terreiros das casas de famílias do semiárido brasileiro que se encontram abaixo da linha de pobreza. Somente no Maranhão, até a primeira quinzena de agosto deste ano, foram instaladas 3.978 cisternas, o que representa mais de 90% da meta inicialmente prevista para o estado.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE