3:41 am - quarta-feira outubro 18, 2017

Com salários atrasados, servidores reclamam do descaso da Prefeitura de Amarante

Edição e postagem: Denison Duarte, em 14-10-2013 09:05 | Última modificação: 14-10-2013 19:28
Hospital de Olhos

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Amarante (Sindserma) denuncia outra vez falhas no executivo municipal relacionadas ao pagamento dos servidores, e, em específico, dos funcionários da rede municipal de Ensino sob a argumentação de que o salário é sempre atrasado.

Os proventos no município, de acordo com o Sindicato, tem como data de liberação o dia 10 de cada mês e, conforme a denúncia, estão sendo creditados nas contas um mês depois, após o dia 10; desta forma, há sempre um mês em atraso.

Não bastando o atraso, o pagamento vem sendo feito por etapas. A presidente do Sindserma, Ivonete Almeida, assegura que em relação ao mês de setembro a folha de pagamento foi dividida em duas vezes: "os professores foram pagos no dia 14 e os demais funcionários no dia 19."

O Sindicato buscou estabelecer contato com os secretários de Educação, Administração e Finanças na tentativa de, juntos, solucionarem o problema. “Eles alegaram queda nos repasses, aumento da folha por conta de décimos terceiros e férias” disse a presidente.

Procurados, o Ministério Público e a Câmara de Vereadores não apresentaram nenhuma definição sobre o problema dos servidores sob a argumentação de que o município comprovou a situação com a apresentação de folhas de pagamentos e também por meio de ofícios.

Até a última sexta-feira, 12, a resposta dada pelo município aos servidores foi que, para a efetivação do pagamento, não há recursos. “Na quinta-feira, 11, foi um Deus nos acuda para nós servidores porque somente uns foram pagos enquanto os demais ficavam só na procura do seu nome nas folhas de pagamentos”, encerra.